10 lugares diferentões pra sair no Rio

Por Marie Victorino / marie@gwsmag.com

Sabe quando a gente entra naquele modo reclamão de que não tem mais nada pra fazer, os lugares são caros, vão as mesmas pessoas, não aguento mais ir lá, mas é a única opção, etc?

Então, pensando nisso e no meu próprio constante cansaço de frequentar sempre os mesmos lugares, eu resolvi experimentar lugares novos, com pessoas diferentes e acho que é justo compartilhar aqui. Se você quiser se aventurar num roteirinho mais diferentão, pega as minhas dicas.

Mas já vou avisando que pode não ser tão diferentão assim pra muita gente e também não muito atrativo pra outro tanto, afinal, pra maioria, você vai ter que curtir um bom inferninho.

1. Rio Novo Rock

rio novo rock - ventre Ventre

Ok, o Imperator não é um lugar diferentão (a não ser que, assim como eu, você esteja acostumada a sair só pela zona sul). A casa de shows é super tradicional (minha avó tem altas histórias dos bailes que ia quando era nova) e uma estrutura impecável. O espaço é ótimo, o som é bom, a cerveja custa R$6,00. O evento Rio Novo Rock rola de temporadas em temporadas, toda primeira quinta-feira do mês com bandas alternativas não só daqui, mas de outros cantos do Brasil também. Já tocaram lá: Beach Combers (hehe <3), Facção Caipira, Ventre, The Highjack, The Outs, Far From Alaska, El Efecto, Hell Oh… Já deu pra entender, né?

 

2. Buffallos Bar 

buffalos bar - gws

Saindo dali (do Imperator), você provavelmente vai querer esticar em algum lugar, já que os shows acabam cedo. E porque não continuar pelo Méier? O Buffallo Bar parece ser a nova sensação da comunidade roqueira (rs). Lá tem cerveja, Buffallo Wings, jukebox, sinuca e muito rock and roll. E ainda tem dia que eles fazem churrasco li-be-ra-do. Precisa de mais? Ok, aqui é a parte que eu me envergonho por estar recomendando um lugar que eu mesma ainda não fui… Mas né, recomendação dos amigos também vale. E tá na minha listinha, espero que você coloque na sua também e me diga como é se eu ainda não tiver ido!

 

3. Escritório (o bar)

escritório bar
Ali bem pertinho do Buxixo, na Tijuca. O bar é comandado por um casal super simpático desde sempre e contam com a grande ajuda do “colega”, funcionário nota mil que tem se aventurado na cozinha e faz um dos hambúgueres vegetarianos mais gostosos da cidade, de falafel. Isso mesmo, produção caseira! No cardápio, além de opções maravilhosas de burgers e petiscos, tem drinks virgens, como a pink lemonade (bebida favorita da Nuta), drinks alcóolicos, cervejas e eu também tenho que recomendar o milkshake de nutella. Os preços são ótimos e o atendimento, mesmo com pouca gente trabalhando, também!

 

4. Escritório (o estúdio)

escritorio le almeida 4
Um verdadeiro inferninho localizado no Centro, entre a Praça Tiradentes e a Praça da República. Ali funciona o escritório-estúdio do Lê Almeida. Como eu posso explicar? É um sobrado bem apertadinho, mas tem espaço pra um bar, uma salinha que rola shows ou festinhas e um outro espaço que você encontra várias publicações independentes, desde fanzines até HQs. Nas paredes, muitos pôsteres irados, a maioria feministas! É demais! Tem que ficar ligado no Facebook pra saber quando rola evento por lá. Coloca aquele batom vermelhão e vai!

 

5. Coletivo Machina

machina

Para as mais junkies, assim como eu. Também no Centro, coladinho com a La Paz, ali funciona um estúdio onde várias bandas ensaiam e se encontram. No terraço, um espaço bem grande, rola um bar e um som, frequentado por artistas e músicos. Já teve festa de rock, festa black, bazar, exposição de arte e claro, shows. Às vezes a discotecagem é toda em vinil. É um lugar onde os amigos se encontram tipo um quintal de casa, mas não se intimide por isso. As festinhas são legais, a galera é simpática, a entrada é baratinha, quando não de graça e é um lugar legal pra conhecer gente nova. Você só precisa não ser muito fresca pra ir no banheiro, às vezes falta água…

 

6.  Bazar da Cantoria

bazar da cantoria
Sim, esse pode ser até um clichê! Mas, se você ainda não se aventurou a ir lá na Feira de São Cristóvão (Centro Municipal Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas) pra soltar a voz, você realmente não sabe o que está perdendo! Bom, primeiro não preciso nem dizer que é pra você ir com bastante fome, né? A comida nordestina é deliciosa e lá tem vários restaurantes típicos. Mas estamos aqui pra cantar! Também vale dizer que a feira deve ter pelo menos uns 10 karaokês, mas eu realmente recomendo o Bazar da Cantoria. O ambiente é fechado, mais intimista e fica com mais cara de seu show mesmo, tem até um palco! O catálogo é bem grande e eu ~só acho~ que você deveria ir num domingo. Primeiro porque é mais vazio (final da tarde) e segundo porque suas chances de encontrar o “Loiro Alemão” por lá são maiores. Esse é um frequentador assíduo do local e eu não quero falar mais nada, só vai e me diz depois se não valeu a pena assistir ao ‘show’ dele! E ainda tem a Gabriela! Sim, a cachaça!  ♥

 

7. Beco das Artes

beco_das_artes

Fica ali no entorno da Praça Tiradentes. O local, antes conhecido como Beco das Putas, por conta da presença de garotas de programa nas redondezas, agora é rodeado por teatros e outros centros de artes, mas é na rua que o rock acontece. A programação é bem variada, tem exposições, sarau de poesia, cineclube, shows e intervenções artísticas diversas. Eu recomendo o Jazz, que costuma rolar às quartas e a Junkie Sessions, que é mais a minha cara ainda, porque rola banda. Bom, não preciso reforçar que é rua, né, mores? Aquela coisa de boteco, cerveja de garrafa, banheiro sujo, olho atento na bolsa, etc.

8. Saloon 79

saloon 79-2

Mas, Marie, não era diferentão? Sim, mas fato que se você tá acostumado a ir pra Casa da Matriz, Fosfobox, Espaço Rampa e afins (não desmerecendo jamais, já me diverti muito nesses lugares e sinto falta da Pista 3 até hoje), então é diferentão sim! E pra quem não conhece, é uma casa de rock que fica ali em Botafogo e rola festa direto. A maioria com shows, mas também tem discotecagem. Pra saber a programação é só ficar de olho na página. O espaço é bem legal, dá pra dançar, dá pra sentar e comer, tem drinks e cervejas, espaço pra dançar, fumódromo e ainda um segundo andar mais tranquilo com uma mesa de sinuca (ou bilhar, nunca saberei a diferença).

9. Crazy Cats

crazycats

Pra vocês não acharem que eu sou uma maluca que gosta de ficar jogada no asfalto, suja e fedorenta… Guardei os dois últimos rolés pra lugares mais arrumadinhos! O Crazy Cats também fica ali em Botafogo e é tipo um bistrôzinho (bem pequenininho mesmo, tem até uma mesona compartilhada), muito charmoso!! É todo decorado com memorabília vintage e iluminação mais intimista. Claro que rola show (dã!), mas são versões mais suaves. Quem toca muito lá são Os Beatlemaníacos (obviamente cover de Beatles), em versão acústica. O preço não é lá muito convidativo, mas você paga pelo ambiente agradável, a música, o banheiro limpinho e atendimento, que é realmente bom. E é claro que você vai comer e eu recomendo o Nacho!

10. Manifesto BCA

manifesto bca

Mais um lugar bacaninha pra coçar o bolso! Eu comemorei meu aniversário lá e saí encantada! O bar conta com dois ambientes e no andar de baixo rola advinha o quê de vez em quando? Isso mesmo: show! Mas não é sempre, no meu aniversário mesmo não teve. O ambiente é lindo, aconchegante, é ótimo pra comemorações em grupos ou pra marcar um date do Tinder. Os drinks são simplesmente deliciosos assim como as comidas (e olha que eu experimentei várias coisas do cardápio!). O atendimento é realmente bom (tão difícil no Rio que a gente até se impressiona, não é?) e você pode escolher cartelas individuais pra não ter confusão na conta no final.

Espero que vocês curtam as dicas, é sempre bom dar uma mudada de ares e conhecer lugares novos, né? Se vocês tiverem mais dicas ~diferentonas, contem aí nos comentários! E se quiserem vem mais desses lugares, me segue no snap (shutupmarie), que eu tô sempre dando pinta em algum deles!

— ♥ —

assinatura_2016_marie-victorino-1

Tags:


4 + 9 =


4 Comentários

  • Agatha Alfeu

    Oi Marie, mana que lugares tops, era essas indicações que eu estava procurando haha. Amei demais, não sei se você já conhece mais te recomendo também, o Cobal do Humaitá que fica lá em no bairro botafogo, tem vários barzinho top, a e boate Casa da Matriz também é mara, e o precinho também. Um beijooo !!!
    IG:@agatha_alfeu

    1. Marie GWS

      Oi, Agatha! Que bom que você curtiu! Hahaha
      Então, conheço a Cobal sim e a Casa da Matriz até citei no post! Mas queria mesmo indicar lugares mais fora do circuito! Me diz se gostou quando for em algum deles!! Beijoss

  • Porão

    faltou o Porto Pirat e o Subúrbio Alternativo

    1. Marie GWS

      Pois, é… Eu coloquei lugares que eu frequento. Porto Pirata é legal tbm, mas o outro eu não conheço. Ah e “faltou” o The Maze tbm. Quem sabe não sai uma outra lista. Valeu pelas dicas! :*