Compras: Sozinha ou Acompanhada?

Por Girls With Style / gws@gwsmag.com

*Texto enviado por Iana Villela, do blog “É Tendência

Está certo que um dos programas mais legais de se fazer é ir ao shopping com as amigas. As conversas e a companhia muitas vezes são tão agradáveis – ou até mais – que as novas aquisições para o guarda-roupa. Mas, e quando ninguém está disponível? Ficar em casa de bode em vez de praticar o esporte mais apreciado pelo universo feminino: vasculhamento de araras? Jamais, né? Fazer compras pode ser um programa solitário maravilhoso, é só focar nos prós em vez de nos contras.

Ainda com dificudades para visualizar a parte boa? Eu sou suspeita para falar porque, para mim, não há nada como uma tarde pelo shopping comigo mesma, mas para quem não está acostumado, é sempre bom lembrar que quem vai ao shopping sozinho:

Não precisa esperar ninguém experimentar roupa

Não precisa entrar em nenhuma loja que não queira

Não gostou da coleção da loja que frequenta? Vá para a próxima sem nem pestanejar

Gostou muito da coleção? Fique horas e horas admirando sem se preocupar se a outra pessoa está entediada

Se a fome bater não é preciso informar ninguém, basta parar a gastança para fazer um lanchinho

Se a o que bater for dúvida na hora de levar uma peça, take your time. Não há ninguém para apressar você.

E nada de ficar com aquela sensação de que só você faz isso! Quando o assunto é comprar, há muitas adeptas da modalidade single player!

Fazer compras sozinha pode ser um excelente programa – diferente daquele que está passando na TV caso você fique em casa. Basta estar com a mente aberta e curtir o evento.

Qual será a preferência nacional: shopping com as amigas ou sozinha?


Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/comments?id=http://www.gwsmag.com/compras-sozinha-ou-acompanhada/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 400 Bad Request in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/archive.php on line 63
Comentar

Tags:

A volta dos penteados clássicos

Por Nuta Vasconcellos / nuta@gwsmag.com

Parece que os tempos de cabelos ultra lisos e soltos passou mesmo. Depois da tendência dos cabelos selvagens, volumosos e desgrenhados outra mania capilar começa a aparecer nas passarelas e nos cabelos das estrelas internacionais. Os penteados clássicos como os usados nos anos 40, 50 e 60.  Quer saber quais a gente aposta que vai pra rua? Anota aí:

– 40’s bombshell

O cabelo é a cara do glamour de Hollywood. Usado por 10 a cada 10 atrizes dos anos 40, o visual ganha força nos dias de hoje. As curvas não chegam a fazer cachos, são leves ondas e firmes com muito fixador. O penteado é chique e clássico. Hora de ressucitar os bobs de cabelo!

Pra copiar:

– 50‘s victory rolls:

O penteado foi inventado nos anos 40, mas virou hit nos anos 50 junto com o movimento rockabilly. Uma das apostas mais fortes como tendência. Já foram vistos recentemente em Katy PerryNicole Scherzinger e Rihanna. E no clipe Our Deal da banda Best Coast.

Pra copiar:

– 60’s ponytail:

O bom e velho rabo de cavalo nunca nos abandonou. Mas ele está cada vez mais arrumado e encorpado, cada dia mais parecido com o usado na década de 60. O look mais glam com direito a beehive (ou penteado colméia em bom português) fica mais Brigitte Bardot, o mais clássico super Audrey Hepburn.Um acessório chamado ponytail cuffs também está em todas as passarelas. Promete ser tendência.

Pra copiar:

Qual penteado vocês curtem mais?

 

 


Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/comments?id=http://www.gwsmag.com/a-volta-dos-penteados/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 400 Bad Request in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/archive.php on line 63
3 Comentários

Tags:

Hoje é dia de editorial, bebê!

Por Marie Victorino / marie@gwsmag.com

Teaser do nosso editorial de novembro! Qual será o tema?

Quer mostrar seu olhar?

 

O GWS quer saber como você vê o mundo. Manda sua foto do dia para gws@gwsmag.com que a gente vai publicar sempre as melhores imagens aqui no site.

 

Aceitamos todos os tipos de formato digital, menos os gigantescos que lotam a caixa de e-mail.

 

Não aceitamos mimimi com vergonha de mostrar seu talento. Manda logo, a gente não morde.

 

Atenção: O assunto do e-mail deve ser “foto do dia”. E não esqueça de mandar seu nome, link alguma rede social sua e  cidade. Não se esqueça de que você deve ser a autora da foto!

 

 

 


Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/comments?id=http://www.gwsmag.com/hoje-e-dia-de-editorial-bebe/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 400 Bad Request in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/archive.php on line 63
Comentar

Tags:

Miss Bug: Arte de rua

Por Marie Victorino / marie@gwsmag.com

Se tem uma coisa que eu a-do-ro é arte de rua! Acho muito legal ver intervenções de pessoas criativas e que deixam a cidade com mais personalidade. Quando eu viajo pra algum lugar, eu sempre tento reparar nisso, porque acho que fala muito das pessoas que vivem ali, como elas se expressam… não sei, acho cultural, sinto um ar mais urbano mesmo, e ainda acho que dá pra sacar mais a “vibe” da galera.

Daí, que me deparei pela web com Miss Bug, um duo que recentemente deu uma “enfeitada” nas ruas de Londres. Cut Out / Fade Out é o nome da coleção de obras que usam as imagens de fundo dos elementos da rua (como cabines telefônicas) como tela de criação.

As artes são uma mistura de fotos com colagens, feitas em MDF. São grandes e bem visuais, para chamar a atenção de quem passa. Com uma pegada meio rock e muitas referências de moda (e muitos peitinhos à mostra também, rsrs), a coleção ficou interessante na paisagem londrina.

O duo é composto por Missum and Bug (por isso o nome Miss Bug!), que trabalham juntos desde 2007. Já fizeram exposições em NY e Brightonn, e contam com um portfólio muito, muito bom! Vale a visita.

 

Via StyleSight


Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/comments?id=http://www.gwsmag.com/miss-bug-arte-de-rua/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 400 Bad Request in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/archive.php on line 63
Comentar

Tags: