Thank You!

Por Nuta Vasconcellos / nuta@gwsmag.com

Mais um ano se passou! Em 2011 o GWSmag completou 3 anos. Nesse tempo a gente tentou firmar o pé na nossa proposta desde o dia que o site começou. Tentar produzir o máximo possível. Produzir fotos, vídeos, elaborar textos, fazer colagens de posts diferentes, falar de tendências não obvias, tentar fugir do tapete vermelho de Hollywood, do filme mais visto do ano e das músicas mais tocadas nas rádio. O motivo? Não é porque a gente quer pagar de cool ou diferente, até porque não tem nada mais boring que isso. O que a gente tenta mostrar aqui é que existem outras saídas, outras tendências, outros caminhos.

Eu acho que 2011 foi um ano que o GWS conseguiu mostrar muito a que veio. Deixar claro sua identidade e sua mensagem. Isso veio junto com a nossa mudança de layout, com os nossos vídeos, editoriais e posts, mas principalmente com a fidelidade de vocês. É muito gostoso ler um comentário, receber um email ou até uma mensagem no formspring que tem a mesma “vibe”, a vibe que entende o GWS, que se identifica, que tem orgulho de ser leitora.

Muito, muito obrigada por deixar isso tão claro pra gente esse ano. Vocês são diferentes, não querem só “receber”, estão sempre dispostas a ajudar, a sugerir pauta, a participar. Isso é o que muda tudo. Não somos blogueiras e vocês só leitoras. Somos uma coisa só. Somos todas, GWS. Obrigada por isso.

Em 2011, a gente voltou com tudo a produzir os editoriais que vocês tanto gostam. Rolou o It went bananas (arrisco dizer que foi o que vocês mais curtiram), que além das fotos, ganhou um conto escrito por mim. O meu favorito devo confessar, foi o editorial especial de fim de ano, o “Assaltando a árvore de natal“, que além de ter rendido fotos lindas, eu amei ter feito os acessórios. Ele também rendeu post extra, com as dicas de make para o natal e o ano novo. Esse ano o GWS TV também deu um gás! Além da nossa cobertura do Fashion Rio com “O que é moda pra você?” e “Que música te lembra Fashion Rio?“, rolou nosso modesto reality show em busca de uma repórter para a semana de moda de 2012.

No blog, tentamos sair da mesmice na hora de apontar as tendências. E falamos do Kooky Styledo tênis flatform, shambalas, da volta das canetinhas. Apontamos as sereias como as novas queridinhas da cultura pop e contamos um pouco da história da estampa de poodle.

Falando em história, a gente ama esse tipo de post. É onde a gente acha que fica claro que moda não é futilidade. Esse ano rolaram posts como o Mods x Rockers e o da história do Smiley, símbolo da geração 90‘s.

No nossa tag de comportamento, enquanto todo mundo falava do casamento de Kate e William, a gente se preocupou com o seu, e fez o “guia da caça Real“. Dividimos nossos pensamentos em posts como “Estive pensando sobre liberdade” e “Marcha das vadias“, da nossa eterna colaboradora Helena Martinelli. Falando em colaboração, um dos posts mais divertidos do ano foi da o da leitora/amiga Iana Villela do blog “É Tendência”: “Compras: Sozinha ou Acompanhada?“. O garoto prodígio Alexandre Mortagua arrebentou no “Café, Bowie e DNA“, a Janaína Santos, nossa colaboradora de decor, mostrou que “Pequenas mudanças” fazem toda a diferença e nosso queridinho Danilo Oliveira fez entrevistas superlegais como essa com a Marie, estilista da Tchibi.

Falando em colaboradores e entrevistas, esse ano rolou uma bem legal com a banda Cut Copy, feita pela fofa da Carla Viveiros.

E já que a gente entrou na questão música… é bom ficar ligada nessa nossa tag, hein? Falamos de Sky Ferreira em 2010 (ok, sei que esse é um post de resumo de 2011 mas esse detalhe não poderia faltar) e de Lana Del Rey bem antes do boom. Então fiquem de olho em bandas como Sleigh Bells e Friends.

Quando o assunto é cinema, a gente gosta bem mais de olhar para trás do que pra frente. E esse ano sugerimos clássicos como The Warriors e mostramos que meninas malvadas existem bem antes de “Mean Girls” quando falamos do clássico dos anos 80, Heathers.

Esse ano levantamos a bandeira do wild hair, percebemos a volta dos penteados clássicos e desvendamos o feather hair.

Ainda no assunto beleza, ajudamos vocês a escolher a base perfeita e falamos dos olhos metalizados e com glitter que aliás, são perfeitos para a noite de ano novo.

Em questão de estilo a gente gosta de falar de garotas normais, como eu e você. Por causa disso amamos fazer a tag “10 coisas.” Em 2011 tivemos Aline Dias e Isabella Castro e se é pra falar de estilo de “famosas” já deu de Kim Kardashian, né? Curtimos uma galera menos mainstream e com mais conteúdo como as lindas Pamela Love e Louise Ingalls Sturges.

Falando em gente normal e coisas que amamos ficamos muito felizes de ver vocês participando e mostrando um pouco mais de vocês na tag “foto do dia“! Por favor, contiuem mandando e dividindo o verão de vocês com a gente. Aliás, já que o papo é incentivar vocês a fotografar, vem ler mais sobre as lomos e sobre a nossa nova paixão, as descartáveis.

Resumindo (depois desse post gigante ouso dizer resumindo) amamos dividir tudo isso esse ano com vocês! Esperamos que 2012 seja lindo pra vocês e que o GWS cresça ainda mais.

Agora vai lá se acabar no espumante (porque a gente tá indo) e voltamos dia 02/01 segundona. Feliz 2012!!!


Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/comments?id=http://www.gwsmag.com/thank-you/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/archive.php on line 63
Comentar

Tags:

Just one day out of life!

Por Nuta Vasconcellos / nuta@gwsmag.com

Feliz 2012!

“Took some time to celebrate
Just one day out of life
It would be, it would be so nice
Everybody spread the word
We’re gonna have a celebration
All across the world
In every nation”

Foto: Nuta Vasconcellos, Rio de Janeiro/RJ

Quer mostrar seu olhar? Mostre como está sendo o seus dias e noites de verão!

Manda sua foto do dia para gws@gwsmag.com que a gente vai publicar sempre as melhores imagens aqui no site.

Aceitamos todos os tipos de formato digital, menos os gigantescos que lotam a caixa de e-mail.

Não aceitamos mimimi com vergonha de mostrar seu talento. Manda logo, a gente não morde.

Atenção: O assunto do e-mail deve ser “foto do dia”. E não esqueça de mandar seu nome, link alguma rede social sua e cidade. Não se esqueça de que você deve ser a autora da foto!


Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/comments?id=http://www.gwsmag.com/just-one-day-out-of-life/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/archive.php on line 63
Comentar

Tags:

Descartáveis!

Por Nuta Vasconcellos / nuta@gwsmag.com

Todo mundo já percebeu que o mundo caíu de amores (de novo) pela fotografia analógica. Mesmo com os preços super acessíveis das câmeras digitais e com a facilidade dos celulares com câmeras cada vez melhores, o interesse das pessoas pelas analógicas só cresce.

Grande parte desse desejo vem do boom das máquinas lomo, que além de lindas e coloridas, produzem fotos de estilo único. Mas a gente acha que também tem outro motivo. O desejo pelas imagens lúdicas e pela real espontaneidade que só as fotografias analógicas podem proporcionar.

 

Nessa mesma onda, outro tipo de câmera ganha cada dia mais destaque. As câmeras descartáveis também conhecidas como disposable ou single-use cameras que nada mais são do que câmeras que você usa uma única vez, revela e joga fora. Elas são as únicas câmeras de filme que cresceram em vendas nos últimos anos segundo as pesquisas sobre o mercado fotográfico mundial feito pela Photo Marketing Association International.

Eu mesma sou um exemplo vivo desse dado: nas três últimas vezes em que fui revelar um filme (em cd, que fique claro), eu tinha nas mãos uma câmera descartável. Qual seria o motivo para alguém que desde 1999 tem câmera digital usar uma descartável? Os motivos são vários!

Além delas possuírem todo o clima lúdico, espontâneo da fotografia analógica você se sente mais tranquilo usando uma descartável. Pode parecer piada, mas é verdade! Você tira ela da bolsa em qualquer lugar, deixa passar de mão em mão… essa liberdade e falta de preocupação com o brinquedinho que às vezes não chega a custar nem R$30 faz as fotos ficarem mais divertidas e você aproveita mais o momento. Além disso, existem as descartáveis a prova prova d’água que custam um pouquinho mais e são perfeitas para os dias de verão.

Todo mundo me pergunta sobre a revelação dos filmes de lomo e descartáveis. Mas é supersimples. Você leva o filme (no caso da descartável, a câmera) para algum laboratório de fotografia e pede para revelar digitalmente. Pode ser em cd ou até em um pen drive.

Outra coisa que acho divertida na máquina descartável é o fato de você poder customizá-la e durante aquelas 27 poses (é o máximo de fotos que uma descartável faz), você usa uma câmera totalmente exclusiva, feita por você. Eu decorei uma esse ano, pintei ela de dourado, coloquei olhinhos que se mexem e dei de presente para uma amiga. Um presente exclusivo, feito por você, útil e super legal.

Eu sempre compro as minhas em qualquer loja Kodak. Sei que tem para vender também no Ponto Frio e no supermercado Extra.

Dá tempo de comprar pro ano novo!


Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/comments?id=http://www.gwsmag.com/descartaveis/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/archive.php on line 63
5 Comentários

Tags:

Estilo Chloë Sevigny

Por Nuta Vasconcellos / nuta@gwsmag.com

Existem algumas garotas nesse mundo que a gente ama (quase) que de graça. Que admiramos não só o estilo mas a atitude e a personalidade. Uma dessas garotas é a atriz americana Chloë Sevigny que recentemente abriu as portas de sua casa para mostrar um pouco da sua vida e do seu guarda-roupa.

O vídeo feito pela Opening Ceremony  (Chloë é colaboradora da grife) mostra um guarda-roupa até modesto e parecido com o nosso, o que faz a gente gostar mais ainda da moça.

No tapete vermelho Chloë se destaca por seus looks sempre elegantes, mas diferentes e divertidos. No dia a dia ela é fã do estilo despojado com vestidos leves, mantém o clima divertido com looks “tomboy”, jeans e camiseta e cabelos bagunçados.

Chloë apareceu para o mundo em 1995 com o filme alternativo “Kids” (que já falamos aqui) e por opção sempre escolheu filmes e seriados nesse estilo como “Meninos Não Choram”, “Party Monster”, “Dogville” e o seriado “Big Love”.

Desde que surgiu, nos anos 90, ela é considerada fashionista e surpreendeu muita gente no começo desse ano em entrevista ao jornal The New York Times onde declarou “estar cansada da moda”. E em outra entrevista para a revista Elle, Chloë explicou que está cansada da visão da moda atual, cheia de regras e tão massificada. A gente concorda com ela e assina embaixo. Tem como não amar Chloë?

 


Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/comments?id=http://www.gwsmag.com/estilo-chloe-sevigny/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/archive.php on line 63
1 Comentários

Tags: