10 passos para ser feliz sendo artista

Por Carol Guido / carol@gwsmag.com

É, vamos começar dizendo que não é fácil. Mas também vamos começar concordando que mais difícil ainda é abandonar um sonho e viver na contramão do seu coração.
Por isso resolvi fazer esse post. Por mais que eu não seja uma artista ao pé da letra, aqui no GWS a gente trabalha de forma totalmente independente e sabemos bem como é que são essas coisas de luta diária. Espero conseguir ajudar. Vamos lá?

1) Assuma-se!
Não adianta querer ser visto como artista sem primeiro assumir para si mesmo. Imagine que você seja um fotógrafo. Um futuro cliente ou empregador te pergunta o que você faz da vida e você responde “Eerrrr, eu sou, você sabe, trabalho com fotografia. Bem, faço o que dá, né.” Pronto, já perdeu o trabalho.
Seja firme, confie no seu taco.

2) Trabalhe sua auto estima.
Sabe aquela história “se eu não gostar de mim, quem vai gostar?”. Então, é bem por aí. Claro que você não vai se achar a última bolacha do pacote, mas saber o seu valor é imprescindível para conseguir se promover e ser profissional, inclusive na hora de cobrar um preço justo pelo seu trabalho. Valorizar seus pontos fortes, onde / o que já estudou, quais as experiências anteriores e etc.

3) Tenha flexibilidade.
Nem tudo na vida são flores. Muitas vezes acontece de você ter que fazer outras coisas que, aparentemente não tem nada a ver, até conseguir alcançar o seu objetivo final. Na vida de artista o mais comum é não conseguir se sustentar nos primeiros meses ou anos. Arrumar um emprego para garantir o seu dinheiro todo mês não é desvio de objetivo, é flexibilidade. Basta ter consciência de que aquilo é temporário e se esforçar.

4) Esforce-se.
De verdade, com todas as suas forças. Não adiantar fazer um esforcinho. Tem que ser daqueles que movem montanhas. Então dê logo o seu jeito de encontrar sua (s) motivação (ões) e vá em frente.

5) Seja alto astral.
Por que ninguém gosta nem indica gente chata.

6) Procure estudar, se cercar de referências.
Ideias e inspiração não surgem do nada. Por isso, corra atrás de cursos (os gratuitos são válidos para quem tá duro), livros, filmes, internet e tudo que puder. São as coisas que nós absorvemos que fazem a gente ser o que somos.

7) Divulgue-se.
Trabalho bem feito e engavetado? Na na ni na não! Aproveite as ferramentas gratuitas da internet, faça sua vitrine e mostre para toda a sua rede de contatos. Não é só de fofoca que vivem o twitter, facebook e blogs. Muito pelo contrário.
E se precisar de ajuda para direcionar suas ações (já sabem que trabalho com marketing digital?), me manda um email (carolguido@gwsmag.com) ou um comentário aqui no post. Ajudo no que for possível ;)

8) Não tem trabalho? Crie suas próprias oportunidades.
Publicitários quando estão começando precisam criar uma pasta com seus trabalhos para apresentar para a agência. O único problema é que nunca tiveram nenhum cliente, então, como ter um portfólio? Imagina se todos desistissem aqui. Não haveriam publicitários no mundo.
Então o que eles fazem? Inventam. Inventam clientes, marcas, lançamentos. Ou então vão no bar da esquina e se oferecem para fazer uma logo, um layout de cardápio novo, letreiro… Ou até identidade visual toda do lugar. Aí o tio do bar conta pro outro, que fica se roendo e te pede um orçamento.
Aqui a ordem vem do funk: “tenta a sorte pra tu ver.”

9) Respeite o tempo.
A vida está tão acelerada que às vezes a gente até perde a noção de dar tempo ao tempo. Saiba que ele pode ter ajudar a enxergar erros que hoje você não percebe, possibilidades que não tinham sido pensadas, novos e influentes contatos aparecem… E assim vai.

10) Encontre sua marca registrada.
Artistas que reproduzem trabalhos de outros só são perdoados quando estão começando. Isso é normal e até faz parte do aprendizado e da busca pela sua própria identidade. Mas não se engane fazendo a vida toda um monte de cópias e reproduções. Se empenhe em encontrar a sua marca, seu jeito. Você vai ser lembrado com mais facilidade por todo mundo, inclusive pelos seus futuros clientes e chefes (se for o caso).

Agora é com vocês. Como já dizia a minha mãe quando eu era pequenininha ao tentar me acordar: CORAGEM, FORÇA, DETERMINAÇÃO. Desde cedo ela já me ensinava o que é preciso para transformar sonho em realidade.

Boa sorte,

C.

Este post foi originalmente publicado ano passado, no meu antigo blog.


Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/comments?id=http://www.gwsmag.com/10-passos-para-ser-feliz-sendo-artista/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/archive.php on line 63
Comentar

Tags:

Nossa semana, pelas lentes dos nossos celulares

Por Carol Guido / carol@gwsmag.com

Como vocês já devem ter percebido, os últimos dias foram uma pouco parados por aqui. Com as meninas viajando e a minha rotina de trabalho super puxada fora aqui do blog, as coisas ficaram um pouco complicadas. Em dias normais eu viro noite, mas resolvi me dar mini férias.

De qualquer forma, podem ficar tranquilas que essa calmaria não vai durar muito. Faltam poucos dias para as meninas voltarem de NY e eu conseguir colocar a rotina em ordem.

Por enquanto vou deixando as nossas fotos da semana. Sem muito blá blá blá dessa vez e separadas por GWS location.

Conexão RIO

Conexão NYC

Pra andar pelo Central Park a Nuta escolheu os slippers da Imporium!

Até o próximo post (amanhã, há!)

beijos,

C.


Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/comments?id=http://www.gwsmag.com/nossa-semana-pelas-lentes-dos-nossos-celulares-5/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/archive.php on line 63
Comentar

Tags:

Enfim, poesias e viagem de balão!

Por Carol Guido / carol@gwsmag.com

Gente, virei poetisa. Tá, não passei de um verso, mas para minha poesia poder continuar depende mais de vocês do que de mim.

Não entenderam nada, né? Vou explicar.

O GWS foi convidado pela marca ENFIM para uma ação de crowdwriting, que faz parte do lançamento da nova coleção deles, “Asas para Inspirar”. E como a gente adora tudo que é colaborativo, não tinha como não embarcar na ideia.

A ENFIM faz para cada nova temporada temas sempre lúdicos e cheios de emoção. Dessa vez, para traduzir o clima da coleção, eles fizeram um vídeo-editorial muito lindinho que é muito amor. E aí que entra a proposta do crowdwriting. Depois de assistir o vídeo e me inspirar um pouco, eu escrevi o primeiro verso de uma poesia, que vai se completar pela contribuição de quem quiser chegar lá e continuar.

Além de mim, tem mais alguns outros blogueiros participando. E no final, a poesia completa que ficar mais legal, vai ser campeã. Agora tem uma parte muito cool: todo mundo que participar da poesia vencedora vai ganhar uma viagem de balão na Capadócia, na Turquia. Sério, achei surreal e muito incrível!

Para participar, é só entrar na página da ENFIM no facebook (corre, que essa é a última semana!) e fazer o seu verso pelo aplicativo que está aqui no link. E para deixar vocês com vontade de fazer essa viagem… dá só uma olhada nessas fotos:

Como fã de Star Wars, fiquei doida quando vi as imagens desse lugar. Não parece cenário da trilogia?

beijos

C.

As fotos são daqui, daqui, daqui e daqui


Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/comments?id=http://www.gwsmag.com/enfim-poesias-e-viagem-de-balao/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/archive.php on line 63
Comentar

Tags:

Nossa semana, pelas lentes dos nossos celulares

Por Carol Guido / carol@gwsmag.com

These vagabond shoes
Are longing to stray
Right through the very heart of it,
New York, New York

Quando fui pro Lollapalooza ignorei a semana da Nuta e da Marie por que nada seria mais legal do que mostrar fotos do show do Foo Fighters. E agora, pra que falar da minha semana no Rio se as meninas estão em NYC? Vou ignorar solenemente meus dias e vou mostrar pra vocês o delas. It’ s a bff thing, ya know?

Primeiro dia: Times Square com sapatilha de gatinho e sandália Imporium!

Marie, the new kid on the block. Botas Imporium!

Acho que eu ia surtar nesse restaurante. <3

A ponte que aparece nos créditos de início de todos os filmes: Brooklyn Bridge.

Nuta, uma jaqueta, dois looks.

Se a gente já faz a festa em brechós no Rio e SP imagina lá?

Para quem pensou que eu tô forever alone no Rio, engano puro. Passei o sábado em NYC e tirei até uma foto. Há!

E ainda tem muita coisa legal que apareceu só no nosso Instagram (GWS_MAG),  segue para não ficar de fora!

Até semana que vem, C.


Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/comments?id=http://www.gwsmag.com/nossa-semana-pelas-lentes-dos-nossos-celulares-4/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/archive.php on line 63
Comentar

Tags: