Skinny bijus: Anéis, pulseiras e colares de arame.

Por Nuta Vasconcellos / nuta@gwsmag.com

Apesar de estar vendo muito esse tipo de biju por aí, não consigo achar nada sobre o nome “oficial” nem quem foi a primeira grife a dar o pontapé na tendência. Então eu resolvi batizar de skinny bijus. Por elas serem assim, fininhas, delicadas e  magrinhas.

As skinny bijus são feitas a mão, com arame e alguma habilidade. E ganham forma em anéis, pulseiras e colares. Além de desenhos como corações, laços e estrelas, elas ganham frases engraçadinhas ou o seu nome (muito mais legal do que na lata de coca-cola, hein?). Eu comprei a pouco tempo duas que juntas formam “FUCK OFF” e ando tão apaixonada por esse tipo de biju de arame que já estou pensando em novas frases.

Pra variar, em terras nacionais ainda é um pouco difícil achar para vender, mas eu fiz todo o trabalho duro pra vocês, ok?

No ETSY (uma espécie de EBAY do artesanato) você encontra vários vendedores. É só pesquisar por WIRED ou WIRE. Recomendo a que fez a minha FUCK OFF, a loja se chama  Screwords. Outra loja que eu curti por lá foi a WireNameMike.

Se você é habilidosa, pode se arriscar no D.I.Y! Achei vários videos no youtube (mesmo esquema, buscar por WIRED, WIRE) incluindo um que achei bem cara de iniciante. Como fazer um anel de arame de laço:

Também achei esse D.I.Y de  anel de clave de sol no blog “Nome é para os fracos.”

E vocês? Curtem as skinny bijus?


Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/comments?id=http://www.gwsmag.com/skinny-bijus-aneis-pulseiras-e-colares-de-arame/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/archive.php on line 63
1 Comentários

Tags:

Domingo fucking boring? Não com o GWS!

Por Carol Guido / carol@gwsmag.com

Hoje ainda é quarta e nós já começamos a nos preparar para o domingo. E dessa vez sem depressão pré Fantástico. A boa para quem mora no Rio é ir encontrar a gente lá no evento da Converse, chamado de “Adicione Cor”, dar um alô e ainda concorrer a dois pares de All Star (cano alto <3).

A proposta do evento já é muito a cara do GWS, olha só:

“A iniciativa Adicione Cor é um projeto mundial da marca Converse All Star que tem como objetivo revitalizar espaços urbanos através da utilização de cores.”

Por isso o evento vai rolar na Praça XV, um dos lugares mais legais do Centro, mas que tá precisando mesmo de uma boa adicionada de cor para voltar a ter vida.

E para concorrer a um All Star é só chegar lá com um look que tenha a ver com a proposta “Adicione Cor” e dar um alô pra gente! Nós vamos tirar uma foto, anotar o seus dados e pronto! Aí é só ficar ligada aqui no GWS que na quarta-feira, dia 2 3 de outubro, a gente vai anunciar as ganhadoras.

E aí, a gente se vê lá?

 

SERVIÇO:

O que vai ter: Intervenção de vários artistas (Cristiano Preas, Mack e Vagner DoNasc) nos pilares da Perimetral, shows com Mahmundi e A Filial, customizações, skate e nós!!!

Onde mesmo? Praça XV, Centro – RJ

E o horário? Entre 15h e 20h. Pode chegar!

Veja mais no Facebook da Converse!


Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/comments?id=http://www.gwsmag.com/domingo-fucking-boring-nao-com-o-gws/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/archive.php on line 63
2 Comentários

Tags:

Garoto Fala: Daniel Perlin

Por Nuta Vasconcellos / nuta@gwsmag.com

Pra quem ainda não sabe, tá rolando uma nova TAG aqui no GWS. O nome é Garoto Fala e a idéia é super simples e direta: A gente desafia os garotos a falarem a verdade, somente a verdade quando o assunto é garotas.

Sem abalar nosso código de conduta do #EuSouAssim em outras palavras “seja você mesma não importa o que aconteça”. É sempre bom saber o que ELES pensam, certo?

No Garoto Fala da vez, convidamos o músico e video maker carioca Daniel Perlin de 25 anos para responder as perguntas. E atendendo a pedidos resolvemos colocar os principais trechos no texto. Pra ver as respostas completas (e babar um pouquinho na beleza dos garotos) é só dar play no vídeo!

1) Gordinha tem vez?

” É que nem quando você vai comprar o primeiro carro. Idealmente você quer tudo, né? O carro mais caro, mais completo… mas ninguém consegue um carro desse… você tem que ir escolhendo suas prioridades…. Pra mim uma garota ser muito gostosa, não é uma das coisas mais importantes.”

2)Qual pior defeito que uma garota pode ter?

“Não saber se divertir, não saber aproveitar são defeitos bem ruins…. se não o relacionamento vira um negócio e fica muito chato.”

3)Já perdoou ou perdoariam traição?

“Não sei se eu seria capaz de perdoar… porque venho de uma criação que meu pai traiu minha mãe, eu passei minha infância fazendo terapia por causa disso…Eu acho que se você está com uma pessoa, está com uma pessoa.”

 

Confere aí as respostas completas dele:

Curtiu? Pra ver o Garoto Fala anterior com Bruno Benzaquêm, clica aqui!

 

*Quer ver sua pergunta no próximo Garoto Fala? Manda no anonimato total pra gente lá pelo formspring do GWS!

 


Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/comments?id=http://www.gwsmag.com/garoto-fala-daniel-perlin/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/archive.php on line 63
2 Comentários

Tags:

SEAPUNK: Uma nova tribo de surfistas do punk.

Por Nuta Vasconcellos / nuta@gwsmag.com

Já faz um tempo que a gente aqui do GWS tem reparado que o universo praiano vinha se transformando e abandonando as características clássicas de um universo Jack Johnson. Tanto que escrevemos ano passado o post Sereias: As novas queridinhas da cultura pop e mergulhamos no universo de Spring Breakers.

Estava eu nesse domingo lendo o caderno ELA, do jornal O Globo, quando tive a surpresa agradável de ver que o novo editorial era inspirado no movimento SEAPUNK. Eu já andava pesquisando, lendo e salvando fotos sobre o tema, então achei que essa segunda-feira seria um bom dia para falar sobre isso.

Essa nova tribo onde os adeptos são em sua maioria a geração Z,  ainda não se tornou muito popular, mas elementos característicos dos adeptos já conquistaram capas de revistas, o coração de alguns estilistas como Karl Lagerfeld e Riccardo Tisci e musas da música pop como Nicki Minaj e Katy Perry. Já Lady Gaga fez o copia e cola do universo SEAPUNK no clipe de “You and I”. O movimento é tão bem amarrado que já conta com suas próprias musas e influenciadores como a cantora Zombelle, o DJ Ultrademon, a banda Unicorn Kid e Gwen Stefani nos anos 90Sim, como toda cena, eles também possuem o seu próprio estilo musical: house e techno dos anos 90 se misturam com sons marinhos e barulhos de videogames e o new age.

O Seapunk dá cores à estética punk com elementos inspirados no fundo do mar e no surf. A origem do movimento tem muitos boatos…Tem gente que diz que ele começou na Califórnia, outros em Londres, algumas no Japão. O que se sabe é que os principais porta-vozes do movimentos estão em Chicago nos Estados unidos. A filosofia é baseada no lema “life is a beach” (“a vida é uma praia”), que gira em torno de ideais ravers de paz, amor e unidade, além de uma visão cyberutópica de um paraíso digital.

A mistura de roupas que remetem a rave dos anos 90, estampas praianas, elementos do surf, o colorido de tons pastel, o kitsch, imagens pixeladas, símbolos da internet, cabelos coloridos, TIE DYE psicodélico , sereias, tubarões, os óculos redondinhos com holograma, creepers e o símbolo yin-yang são alguns dos elementos chave na composição do SEAPUNK.

Em Los Angeles, Londres, Chicago e Berlim já aconteceram algumas festas e encontros do movimento, mas a verdadeira casa dos seapunks é a internet, mais especificamente o Tumblr.

A atmosfera pode ser definida com a frase: “A pequena sereia virou punk.”

Você pode até não se adepta do movimento, mas os elementos prometem influenciar e muito próximos verões.


Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/comments?id=http://www.gwsmag.com/seapunk-uma-nova-tribo-de-surfistas-do-punk/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/archive.php on line 63
7 Comentários

Tags:

123