A relação cada vez mais forte da moda com o universo das Drag Queens

Por Girls With Style / gws@gwsmag.com

participantes da 7 temporada do RuPaul's

Participantes da 7ª temporada do RuPaul’s Drag Race

Drag queen é tendência. Não só pelo estrondoso sucesso de RuPaul’s Drag Race, reality show que já está na sétima temporada (e crescendo cada ano mais), em que a lendária RuPaul Charles escolhe a vencedora baseado em talentos como carisma, originalidade e coragem. Nós até podemos utilizar essas mesmas características para definir como o mundo das drags vem influenciando a moda ultimamente. Antes totalmente underground, agora o mundo das drag queens invade o mainstream e inspira marcas, coleções e até a técnica de make mais in do momento Não pense, no entanto, que estamos falando de plataformas altíssimas e fantasias cobertas de cristais Swarovski para falar dessa influência. A relação aqui é menos óbvia.

gws-ru-pauls-moda-miu-miuMiu Miu, Resort 2016

Miuccia Prada, ligada no movimento que coloca as drags de volta sob os holofotes, se inspirou em seus códigos para criar a coleção de Resort 2016 da Miu Miu, label mais jovem e experimental da estilista. O desfile, que aconteceu em Paris no dia 4 de julho, foi apresentado junto ao lançamento da primeira fragrância da marca, onde a passarela foi erguida em um ambiente industrial enquanto a festa rolava no térreo. Miuccia tem o poder de misturar qualquer referência e criar uma ótima coleção cheia de significados obscuros. Nesse caso, a obscuridade era iluminada por luzes coloridas e neon, com cara e corpo das raves dos anos 1990. A estilista, ótima receptora de tendências, convidou algumas drag queens do reality show de RuPaul para fazer parte da festa. Os convidados foram surpreendidos com a presença de Violet, Pearl, Miss Fame e Sharon Needles, algumas das maiores em popularidade do show – e rostos não muito conhecidos no mundinho fashion.

Falando dos looks, a silhueta tradicional da Miu Miu (vestidos curtíssimos, casacos boxy, saias rodadas) apareceu com maxi padronagens divertidas e combinadas com longos brincos de pele de raposa, vestidos de luréx que deixavam as coxas nuas e até patches em que se liam Miu Miu Club espalhados em botas caubói de salto baixo. “As roupas são um reflexo da festa”, disse a estilista, enquanto bebia um champanhe no backstage. O que fica de lição é: vista-se como se a vida fosse uma boate. Isso se aprende ao conhecer minimamente o mundo das drags.

gws-ru-pauls-moda1. RuPaul’s; 2. Latrice Royale (convidada especial para o lançamento da maior loja M.A.C do Brasil); 3. Violet Chachki, Miss Fame e Pearl no Miu Miu Club

Além da moda, as drag queens também inspiraram algumas das maiores e mais fortes tendências de beleza da atualidade: o contorno e o “baking”. Popularizado pela família Kardashian, contornar o rosto usando tons escuros e claros, brincando com a luz, é uma técnica que começou nos palcos das drags. A técnica transforma rostos mais masculinos, afunda a bochecha e afina o maxilar e é a principal característica da maquiagem das performers. “Toda mulher pode contornar o rosto. Para a noite fica incrível!”, opina Latrice Royale, finalista da quarta temporada de RuPaul’s Drag Race, em entrevista na passagem relâmpago em São Paulo à convite da M.A.C.

O baking, nova tendência que consiste em passar uma camada grossa de pó após a base, para o produto cremoso durar mais, e deixá-la por cinco ou dez minutos “cozinhando”, também foi vista pela primeira vez pelo grande público no reality show americano. “É o melhor jeito de fazer a maquiagem durar no calor que faz no Brasil”, ensina Latrice, aos risos. Na festa de inauguração da maior loja da marca de maquiagem no país, a atração que mais roubou os flashes foi Latrice, uma drag queen. Coincidência?

Quando duas grandes marcas como a Miu Miu e a M.A.C se inspiram em um mundo que, antes underground, agora ganha atenção e admiração do grande público, é hora de ficar de olho. Mais do as roupas psicodélicas da Miu Miu e as maquiagens pesadas que já são tendência, as drags ensinam algo importante e essencial para o mundo da moda de hoje: a diversão que deve ser se vestir todos os dias. Essa mesma diversão, mesclada a looks barulhentos, glitter, maquiagem pesada e frases de efeito, é o que faz o sucesso do reality show – e o que fez com que a moda se interessasse tanto pelas drag queens. “Drag já é mainstream! Senão eu não estaria fazendo um show para vocês na maior loja de maquiagem da América Latina. Precisa de mais evidência que isso?”, finaliza Mrs. Royale.

Esse post foi originalmente postado no blog We need to talk about f , da linda e talentosa Giuliana Mesquita. Visitem! 

Curtiu o post? Que tal dar uma forcinha e ajudar a gente a divulgar o GWS? Dá um like, compartilha, um tuite também vale! :)

Ah, e pra saber mais do nosso universo encantado, é só seguir a gente nas redes sociais:

Instagram // Twitter // Facebook // Tumblr // Newsletter do GWS

assinatura-giuliana-mesquita-2


Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/comments?id=http://www.girlswithstyle.com.br/a-relacao-cada-vez-mais-forte-da-moda-com-o-universo-das-drag-queens/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 400 Bad Request in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/archive.php on line 63
Comentar

Tags:

Decor: Entenda as cores e saiba qual melhor escolha para a parede da sua casa

Por Girls With Style / gws@gwsmag.com

Por Lis Souza:

Decorar não parece fácil, nem barato, mas quem não gosta de ter um cantinho com a sua cara, né? Cores falam muito do nosso estado de espírito, do nosso temperamento e dos nossos desejos sabiam? Além disso, as cores tem efeitos sobre nosso humor, nossa disposição e até sobre nosso sono, por isso é bem legal se dedicar a pesquisar cada cor com o apoio do circulo cromático e uma googlada antes de pintar as paredes.

Eu recentemente me mudei de um apartamento onde morei por quase 4 anos, apesar de ter caído lá de paraquedas e não ter decorado quase nada eu tinha um xodó pelas paredes dele porque mesmo sem habilidade, meu marido escolheu vermelho e verde limão – cores complementares – pra pintar a sala de estar, que faziam uma composição perfeita com os móveis pretos e as paredes brancas, que faziam todo o contraste ser menos pesado aos olhos. As combinações possíveis são tantas que é só soltar a imaginação e o capricho pra mudar a cara da casa e dar vida nova a um cômodo ou móvel velho.

Tecidos, almofadas, tinta, papel adesivo e até latas ou garrafas são formas fáceis e baratas de adicionar cor na sua decoração. Se quiser mais referências sobre isso, tem mais nesse nesse post aonde eu coloquei dicas de pequenos objetos ou modificações que deram certo por aqui gastando bem pouco.

Tá afim de mudar as cores dos móveis ou das paredes e não sabe como começar? Pega algumas dicas de como usar cores na decoração:

gws-decor-cores-primárias

Cores primárias: Vermelho, azul e amarelo.

São cores que se combinadas originam todas as outras, podem ser o ponto de início da sua decoração. Começando com uma delas você pode escolher variações que conversem entre si ou tonalidades da mesma cor.

Colocando as 3 cores primárias juntas nós temos ambiente alegres, que estimulam a criatividade. Muitas escolas usam isso pra criançada como recurso educativo, um designer ou redator que trabalhe em casa e precise de um escritório bem estimulante pode usar as 2 cores básicas sem medo – o escritório do Google segue essa premissa, assim como o logo.

Combinações e variações de cores

gws-decor-degradê

Tons ou degradês

Quase sempre é a mais sutil forma de combinar cores na decoração, unir tons da mesma cor em um ambiente é o jeito fácil de começar e te dá a possibilidade de ousar em texturas, imagens e estampas. Fazer um degradê de cores entre parede e mobília é moderno e um pouco mais complexo pra quem não tem habilidade, mas se for em listras, por exemplo, fica lindo e fácil de reproduzir: fita crepe e capricho no pincel!

gws-decor-análogas

As cores análogas

São as que ficam lado a lado no círculo cromático e juntas elas criam um contraste, não tão sutil como um entre-tons, mas muito mais fácil de usar sem deixar de ser ousado.

gws-decor-complementares

Cores complementares

Estão frente a frente no círculo cromático, com essas cores a gente já começa a sair do senso comum das combinações. É mais simples colocar cores complementares em móveis e brincar com a posição deles.

gws-decor-círculo-cromático

Triangulação e cores meio complementares

Temos a combinação de 3 cores, que conversam entre si pela posição que ocupam no circulo cromático.

Curtiram as dicas? E aí, de qual cor vocês querem pintar a parede da casa de vocês?

Curtiu o post? Que tal dar uma forcinha e ajudar a gente a divulgar o GWS? Dá um like, compartilha, um tuite também vale! :)

Ah, e pra saber mais do nosso universo encantado, é só seguir a gente nas redes sociais:

Instagram // Twitter // Facebook // Tumblr // Newsletter do GWS

assinatura-Lis


Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/comments?id=http://www.girlswithstyle.com.br/decor-entenda-as-cores-e-saiba-qual-melhor-escolha-para-a-parede-da-sua-casa/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 400 Bad Request in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/archive.php on line 63
Comentar

Tags:

Você tem um blog? O Barra Garden Shopping quer te conhecer!

Por Girls With Style / gws@gwsmag.com

Não posso dizer que o GWS existe desde os primórdios dos blogs de moda, comportamento e estilo, mas como ele existe desde 2008, posso falar com certeza, que fazemos parte de uma das primeiras gerações que começaram a viver a era dos blogs como uma das principais formas de informação, entretenimento e sim, negócios da internet. Talvez a primeira a primeira geração a perceber que, blogar além de dar trabalho, poderia ser um trabalho.

Nesse começo, nada era muito fácil. Blogs viraram piadas para jornais, revistas e outros veículos que ainda não entendiam o poder dessa nova mídia e as marcas, não entendiam muito bem qual era a vantagem de se anunciar em um canal na internet. Hoje, ainda bem, os tempos são outros. A maioria dos veículos tradicionais de comunicação entendem e valorizam o poder dos blogs, dos vlogs e das redes sociais, assim como as grandes marcas que cada vez mais querem ter seus nomes assossiados a bloggers.

desfilr-barra-garden

E foi por conta desse interesse e dessa vontade, que o Barra Garden Shopping, localizado na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro entrou em contato com a gente para uma ação super legal. A ideia é estreitar laços com blogueiras, conhecer mais blogs que falam de moda de um jeito interessante, honesto e único.

Como? A gente te conta! No dia 3 de outubro, às 19 horas. O Barra Garden vai promover o seu desfile anual com as principais marcas do shopping e styling do Anderson Vescah. As grifes participantes são: Up 2 Date, Fitá, Paula Rosalba, Intense, Marfim, Trieb, Armazém das Fábricas, Kadinhos Sport’s, Importex, Minha Maria, Tudo joia, Avesso. Club Men, Hi Fashion, Loja de Inverno, Little Butik e ICQ Brasil.

convite-Barra-Garden

O GWS em parceria com o Barra Garden Shopping quer convidar você para esse dia! Vamos estar lá e queremos vocês para participar da cobertura do evento com a gente e assistir e comentar tudo da primeira fila, claro. Se você tem blog e tá afim de participar, presta atenção: Nós do GWS vamos selecionar 10 blogs para estar lá com a gente.  A ideia é todos esses 10 blogs fazerem a cobertura do evento durante o desfile usando a hashtag #DesfileBarraGardenShopping e depois um post no blog contando sobre a experiência do evento. O blog que fizer a cobertura mais legal, vai ganhar uma caixa recheada de presentes de todas as lojas participantes do desfile e no nosso post pós evento, vamos colocar um trechinho do publicação do blog vencedor no GWS com o link e divulgar também nas nossas redes sociais. Legal, né? A gente que tem blog, sabe o quanto esse tipo de divulgação e relacionamento é importante.

Curtiu e quer participar? A gente te explica tudo certinho:

– Para participar basta ter um blog (a gente não se importa com números! Queremos conhecer conteúdos interessantes)

– Comentar nesse post que quer participar, colocar link para o seu blog e um e-mail de contato

– Se você for uma das escolhidas, você deve se comprometer a comparecer no dia 03/10/15 às 19 horas no Barra Garden Shopping e escrever um post sobre suas impressões e experiência sobre o shopping e sobre o desfile até o dia 05/10/15 as 23:00 horas.

– No dia 06/10/15 vamos olhar todos os blogs participantes e escolher nosso post favorito junto com a equipe de marketing do Barra Garden

– O post mais legal ganha a caixa recheada de presentes, citação no post do GWS e nas redes sociais do GWS e do shopping

– A publicação nas redes sociais usando #DesfileBarraGardenShopping é opcional, mas lógico que complementa o post e ajuda a produzir um conteúdo bem bacana!

Se você não tem blog, mas curtiu o evento e quer ir mesmo assim, ele é aberto ao público e todo mundo pode ir! Então você pode e deve levar amigas, família, namorado….

Alguma dúvida? Deixa aí nos comentários que a gente responde! Vamos juntas fazer um evento bem lindo e mostrar a força da blogosfera?

selo_publipost_gws


Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/comments?id=http://www.girlswithstyle.com.br/voce-tem-um-blog-o-barra-garden-shopping-quer-conhecer-voce/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 400 Bad Request in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/archive.php on line 63
1 Comentários

Tags:

Cinco dicas infalíveis para você se sentir melhor com você mesma e seu estilo

Por Nuta Vasconcellos / nuta@gwsmag.com

Quando eu criei o GWS e batizei esse blog de “Girls With Style” nunca quis resumir esse “estilo” a moda. Porque pra mim, estilo é muito mais que isso. Ter estilo é ter confiança em quem você é e a moda acaba sendo somente um reflexo disso. Eu acho que estou cada vez mais confortável com quem eu sou, com o que eu penso e com o que acredito e sim, a moda tem muito a ver com isso. E quando a gente chega nesse estágio, a vida flui mais leve, mais fácil e gostando mais da gente, a gente gosta mais da vida. Então resolvi compartilhar 5 dicas que realmente fizeram a diferença pra mim e me fizeram mudar a percepção que eu tinha de mim mesma, da minha postura na vida e do meu guarda-roupa. Espero ajudar vocês também.

gws--como-você-usa-seu-tamanho

1) Não é sobre o tamanho que você usa, mas como você usa o seu tamanho

Eu já compartilhei em vários posts aqui como, pra mim, foi uma jornada longa conquistar a autoestima. Caminho que na verdade, ainda sigo trilhando, mas cada dia considero mais perto da onde eu quero chegar. O tempo que passei tentando entrar em uma calça jeans 38 só me gerou frustração, tristeza e desânimo.

Eu ficava péssima quando não cabia na roupa que “eu deveria caber” ou não vestia a mesma coisa que minhas amigas. Aí o pensamento geralmente é aquele né? Já que eu não visto tal tamanho, devo me esconder. As gordas se enfiam em qualquer roupa preta e as consideradas magras demais (pra quem mesmo?) tentam colocar roupas mais volumosas (eu tinha uma amiga na 6ª série que colocava meias no sutiã já que ela era a única da turma que ainda não tinha peitos).

Quando a gente entra nessa nóia que não está no “tamanho certo” não consegue encontrar o próprio estilo, a própria identidade. Vai por mim, o seu tamanho é o certo. E ele sempre será. Como você está agora, se decidir emagrecer uns quilinhos ou se engordar um pouquinho. Eu já disse nesse post aqui que não sou e nunca serei contra mudanças. O que a gente não pode é deixar que a motivação de mudar, seja por ódio a quem você é agora. Porque quando a gente odeia quem a gente é no momento, tem mais dificuldade ainda de mudar, já reparou? Ter estilo de moda, nada tem a ver com o tamanho que está na etiqueta. E sim, usar com confiança o tamanho que você é agora.

gws-vista-se-para-impressionar-você-mesma

2) Vista-se para impressionar (Você mesma)

Você não vão acreditar como que me caiu essa ficha, mas vou contar a história mesmo assim. Eu adoro um reality show e eu já observei que as pessoas que mais sofrem nos realities de transformação (assunto polêmico, quem sabe outro post), ou naqueles tipo “O vestido ideal” em que a garota sai em busca do seu vestido de noiva, são aquelas que passaram a vida ou estão ali, naquela situação (principalmente as noivas) tentando agradar a mãe, o namorado, a família… Vou soltar um mega clichê agora, mas é a mais pura verdade: Você nunca vai agradar todo mundo. Uns vão gostar de você com franja, outros sem, uns de saia, outros de calça. Mas uma coisa é certa: Quando você usa o que você gosta, se olha no espelho e diz: Tô usando o que acho bonito, tô me achando bonita, a atitude invasiva e desmotivadora de algumas pessoas disfarçadas de “minha opinião” também muda. Até porque quando estamos confiantes, seguras das nossas escolhas, transmitimos confiança.

Quando escolher um look, não pense em agradar ninguém além de você mesma. Como já disse Coco Chanel: “A beleza acontece no momento que você decide ser você mesma”.

gws-compre-menos-escolha-melhor

3) Compre menos, escolha melhor

Sim, eu tô batendo nessa tecla de novo. E vou bater sempre porque fez muita diferença na minha vida então, acho que vai fazer a mesma diferença na de vocês.

Eu costumava a ser do tipo que terminava de ver um desfile nas passarelas das semanas de moda e já queria tudo no meu armário. Teve um tempo que eu era cliente fiel de uma marca e eu queria tudo que tinha rolado nas passarelas do SPFW. Eu chegava ao cúmulo de ligar para a loja, comprar sem experimentar. Obviamente sem parar para pensar se eu PRECISAVA daquilo e se aquela roupa combinava com meu estilo de vida.

E quem nunca comprou alguma coisa só porque estava na liquidação? Ou comprou bem mais do que precisava só porque dava pra parcelar? Aí fica o armário lotado de peças que você não consegue usar e que não representam a sua personalidade e realidade. Isso sem contar os gastos desnecessários e o fato de alimentar essa indústria louca de tendências.

Repense já a forma que você consome moda. Faz bem pra você, pro meio ambiente, para forçar a indústria a mudar a postura atual de produzir sem parar, produtos de baixa qualidade e de origens duvidosas. Te garanto que com um guarda-roupa mais enxuto, você vai visualizar melhor as peças e criar looks mais criativos. Eu já escrevi dois posts sobre isso e acho que pode ajudar muito vocês: 5 dicas para evitar compras por impulso e Descobrir e desenvolver seu estilo próprio é uma forma de facilitar a vida e aumentar a autoestima.

gws-seja-seu-próprio-padrão-de-beleza

4) Seja seu próprio padrão de beleza

Nada detona mais com a autoestima feminina do que se comparar com outras mulheres. E é muito, muito difícil se libertar disso, já que nós, vemos as “mulheres ideais” o tempo todo nas revistas, na TV, nas redes sociais… E a mídia, mesmo em tempos de feminismo, empoderamento e diversidade, sempre dá um jeito de, indiretamente, mostrar pra gente que se nós seguirmos aquele certo padrão, vamos ser vencedoras e maravilhosas. Não precisa pensar muito não. Só reparar que quem continua tendo mais destaque na mídia hoje em dia, ainda segue aquele mesmo padrão que a gente tenta quebrar.

Se libertar disso é muito difícil, mas essencial. Seja seu próprio padrão de beleza. Procure mulheres que te inspire, mas que sejam mulheres próximas a sua realidade. Se você não é uma garota que ama fazer exercícios e vai levantar pra malhar mesmo depois de uma night ou de um dia intenso de trabalho, não adianta ter como meta/musa o corpo de uma musa fitness. A única coisa que vai te gerar, é frustração. Procure novas referências. Mulheres que se aproximam da sua realidade. E aí que entra a velha história da representatividade. Faz um teste. Pare de seguir agora nas redes sociais aquela mulher que você acha maravilhosa mas tem uma estrutura física (ou financeira, ou qualquer outra coisa do tipo que te incomoda) totalmente diferente da sua e que toda vez que você vê, faz você pensar: “Queria ser assim, mas nunca vou ser”, e substitui por outra que você também considera linda e inspiradora, mas mais perto da sua realidade. E fica a maior dica de todas: Você tem que ser sempre sua maior musa.

gws-esqueça-as-regras

5) Esqueça as regras, se você gosta, use

Essa é a principal dica para ter um estilo próprio, ser feliz com o que você está usando e ter autoestima. Só você sabe o que fica bem em você. Não é sua mãe, sua amiga e muito menos aquela editora de moda da revista que nem te conhece. Se você gosta de algo, use! Eu sinto uma tristeza profunda quando leio por aí comentários do tipo “amo listras, mas sou gordinha então não uso”, ou “não posso usar tal ou tal coisa porque tenho perna curta, quadril largo…”. Garota, a gente pode tudo! Cada corpo é um corpo. Eu, por exemplo, amo peças justas e cropped. Te garanto, nenhuma regra de moda me permitiria usar isso. E eu amo e me acho linda assim. Esse negócio de outras pessoas dizendo o que VOCÊ deve vestir não faz sentido. Tome o controle do seu próprio guarda-roupa.

Você é única. E esse é o primeiro passa para se encontrar, se amar e ser feliz.

Curtiu o post? Que tal dar uma forcinha e ajudar a gente a divulgar o GWS? Dá um like, compartilha, um tuite também vale! :)

Ah, e pra saber mais do nosso universo encantado, é só seguir a gente nas redes sociais:

Instagram // Twitter // Facebook // Tumblr // Newsletter do GWS

assinatura-Nuta_2


Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/comments?id=http://www.girlswithstyle.com.br/cinco-dicas-infaliveis-para-voce-se-sentir-melhor-com-voce-mesma-e-seu-estilo/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 400 Bad Request in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/archive.php on line 63
3 Comentários

Tags:

123