5 Coisas que não dou a mínima – Vic Hollo

Por Carol Guido / carol@gwsmag.com

Hoje é sexta, um dos dias mais legais da semana e por isso, nosso escolhido para começar mais uma tag mara! A ideia veio da revista australiana Frankie (já falei dela aqui). Lendo com calma a edição que tenho, vi na última página esta coluna nonsense-curiosa-aleatória e achei muito incrível. Gente, é muito reconfortante saber que existe mais uma pessoa no mundo que não consegue entender o frisson por trás de coisas que você está, como vou dizer, cagando e andando. hahaha

Pra estrear nossa “5 coisas que não dou a mínima” chamamos uma garota que a gente adora seguir e se inspirar, a Vic Hollo. Êta pessoa estilosa, fotogênica e linda, minha gente. Justamente por não saber muito sobre ela além das fotos no Insta (dá um follow aí: @vicqueen), achamos que seria uma ótima oportunidade pra entrar mais no mundinho da Vic de maneira divertida. Vocês sabem que amamos apresentar garotas interessantes pra vocês, né? Esta tag é mais um jeito divertido de fazer isso.

Vic-Hollo

E agora sim aí vão as 5 coisas que ela não dá a mínima:

1. Gente que fala mal de mim na internet

Ok, sei que muita gente acha que eu “me exponho demais na internet”, mas olha, são só fotos e meia dúzia de palavras no Twitter… Como alguém pode achar que me conhece só por isso? Não consigo me preocupar com pessoas que ficam atrás de um computador mandando energias ruins para outras sem motivo.

2. Lasanha

Sério gente, não que eu recuse comer quando tem, mas qual é a obsessão das pessoas com lasanha? É uma bagunça de massa e não é tão gostoso assim.

3. Pincéis de maquiagem

Lindos, super tentadores na hora de comprar na loja, mas chego em casa e não uso quase nenhum. Tenho uns três pincéis que uso de verdade e só. Posso ser meio trash e me maquiar de um jeito errado, mas nunca consegui ter mil pincéis diferentes para cada coisa e cor de sombra.

4. Ser “cult” musicalmente

Eu achava que isso me faria ser mais legal quando tinha 15 anos, maaaaas: a vida é muito curta pra não cantar One Direction. E isso não me faz gostar menos de rock ou de qualquer banda-super-descolada que eu escuto também, só significa que eu não gosto de me fechar pra nada.

5. Bebidas alcoólicas

Além de achar o gosto – de quase todas – ruim, normalmente me sinto mal quando bebo e prefiro lembrar todos os detalhes de qualquer situação. Então – tirando meu namorado que consegue me fazer beber uma taça de vinho once in a while – nem percam tempo me chamando pra um drink ou façam cara de que sou um ET quando digo que não bebo, por favor. ♥

Agora ‘falaí’, o que vocês mais cagam e andam nesta vida, mas que todo mundo ama? Alguma das 5 coisas da Vic também faz sentido pra vocês? Conta pra gente aí nos comentários!

Para acompanhar a Vic: Instagram // Twitter  //  Blog // Pinterest // Facebook

PS: Tá rolando um tema bem parecido com esta tag no Rotaroots. Apesar da ideia não ter vindo de lá (já é a 2ª vez que isso acontece comigo!), achei que era legal citar. ;)

Curtiu o post? Que tal dar uma forcinha e ajudar a gente a divulgar o GWS? Dá um like, compartilha, um tuite também vale! :)
Ah, e pra saber mais do nosso universo encantado, é só seguir a gente nas redes sociais:
Instagram // Twitter // Facebook // Tumblr // Newsletter do GWS
assinatura-Carol_11

Tags:


4 + 2 =


4 Comentários