5 Tendências que vão pegar no verão 2014!

Por Nuta Vasconcellos / nuta@gwsmag.com

Eu sou uma pessoa bem invernal. Gosto do céu cinza, das peças escuras nas araras das lojas e adoro minha pele quando a temperatura cai. Mas mesmo assim, tenho que admitir que o verão é uma época que sempre marca mais a memória, vocês não acham? E as tendências apontadas para essa época também são sempre as mais esperadas.

Mas verdade verdadeira sendo dita, por mais que rolem umas apostas do que vai dar o que falar quando a temperatura subir, a gente só sabe MESMO o que vai pegar quando o calor chega! Parece que é ele que dita como ele quer que a coisa ande. Faz pouco tempo que o verão chegou e com ele já tá dando pra sentir (e ver) o que as garotas tem apostado por aí. Então se liguem no nosso Top 5 de tendências que a gente acredita que vão pegar no verão!

bolsa-etnica

– Bolsas étnicas 

E quanto mais cara de que foi feita por um hippie viajante, melhor.

A bolsa top desejo se chama Wayuu Bags. Famosas por serem vendidas nas praias da Europa, St Tropez, Ibiza e Mykonos, são modelos feitos à mão que são confeccionadas por mulheres indígenas Wayúu em Shukumajaya, localizada ao norte da Colômbia e noroeste da Venezuela. As Wayuu Bags ganharam status de must have depois que a grife nova iorquina Miss Mochila percebeu que daquele mato poderia sair coelho ($$). A designer e dona da marca Chloé, influenciada por seu marido que é colombiano, conheceu o trabalho da tribo e hoje desenha os modelos de bolsas para que as índias confeccionem peças exclusivas para a Miss Mochila. O preço? Em média 300 dólares.

Mas vamos combinar? A gente acha fácil, fácil modelos inspired naquela ferinha hippie da esquina, não é? Mas se você quer muito uma original e pode desembolsar cerca de R$500 até R$800, o site brasileiro Style Market e o Lavic vendem o modelo original da Miss Mochila.  Outra sugestão pra quem quer JÁ a sua, o modelo navajo da grife carioca Langak.

biquini-cortininha

– Biquíni cortininha amarrado como alça

Depois de uma longa fase onde os modelos mais hypados de biquínis foram os grandinhos, hot pants e estilo pin up (ainda meus favoritos!), a clássica combinação do modelo cortininha com calcinha mais fina vai voltar a bombar. O diferencial vai ficar por conta das estampas, aplicações (hello Ri-Ri com seu biquíni de diamantes!) e diferentes amarrações. Um antigo truque para driblar a marquinha no pescoço ganha status fashion. Uma das adeptas é Thaila Ayala.

cristal

– Cristais e pedras brutas

Esse verão vem com toques de misticismo e valorização da natureza.  Para expressar esse clima e trazer essa vibe pra cidade, nada melhor que investir nos acessórios. A tendência que invadiu os anéis, pulseiras e colares, como a nova paixãozinha fashion são os cristais, drusas e pedras brutas. E quanto mais bruta melhor, ou seja sem lapidação ou desenhos. Se as correntes e metais em volta da pedra tiverem carinha de handmade, melhor ainda!

leque

– Leques

Sim garotas, vocês leram certo: LEQUES. Daqueles que a gente chama de coisa de véia e ri da cara da tia que fica se abanando na festa de natal. A peça está ganhando status it meio que forçadamente por que né, o calor tá de matar. Impossível sair na night e não observar pelo menos uma garota, feliz da vida se abanando. Pelo menos aqui no Rio de Janeiro! Mas boto fé que a coisa pega nacionalmente. Tá duvidando da tendência? Se liga nessa matéria que o jornal O Globo fez, Para afastar o calor, leques viram moda na noite carioca.

tornozeleira

– Tornozeleiras

Sim, esse acessório que era quase obrigatório nas praias nos anos 80 está de volta! Os materiais são os mais variados: Miçangas, couro, pedras, materiais artesanais ou de joias de ouro ou prata. O legal também é usar várias e misturar vários tipos no tornozelo.

E vocês? Qual das tendências vocês apostam mais?

Tags:


4 + 4 =



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?id=http://www.girlswithstyle.com.br/5-tendencias-que-vao-pegar-no-verao-2014/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/comments.php on line 60

1 Comentários