A hora do sim!

Por Girls With Style / gws@gwsmag.com

Por Isa freire:

2036Imagem: The Things We Say

Essa sou eu em 2014. E semanalmente escuto um: “nossa.. casou novinha, né?”. Até 2009/10, eu era a menina que nunca ia casar, que desprezava esse instituto e não entendia o que levava alguém a querer isso pra vida. Nessa época eu estabelecia um mínimo de idade pra começar a pensar em ficar com alguém pro resto da vida: 30 anos. Até lá seria, nas melhores palavras possíveis, zuação pura. Eu ficaria com todos os meninos (e meninas) que quisesse, teria todo tipo de experiência que só uma pessoa solteira pode ter, ou assim eu pensava. Filhos também, só depois dos 30. Antes disso, temos juventude demais pra gastar com a juventude de outra pessoa. Hoje vejo minhas amigas com filhos, minhas amigas grávidas e minhas amigas tentando engravidar e não me parece mais uma ideia tão louca assim. Mas de filhos, falo outro dia.

Lembro do momento exato em que soube que meu atual marido ia me pedir pra casar com ele e lembro como automaticamente a vontade de viver todas as experiências do mundo, foi substituída pela vontade de viver todas as experiências do mundo ao lado dele. A gente namorava há 6 meses e a decisão foi tão fácil, tão simples. E acho que é assim que tem que ser. Fez sentido casar porque fez, porque era óbvio que nunca no mundo eu acharia uma pessoa que fosse melhor pra mim, que combinasse mais comigo, que me amasse mais ou que eu fosse amar mais. Fez sentido só pelo fato de passar pela minha cabeça casar. Quem já pensa em casar, antes de conhecer o amor da vida, não sabe na verdade no que tá pensando. Eu quis casar, mas só a partir do momento em que conheci alguém que conseguia ver do meu lado mesmo se eu pensasse num futuro bem distante, uma pessoa que por mais que eu mudasse, por mais que meus interesses não permanecessem os mesmos, por mais que o mundo desse mil voltas, ainda teria os mesmos valores que eu e aceitaria minhas loucuras.

Casar não é sobre você. Casar independe dos planos que você fez pra sua vida. Casar é perceber que não faz mais sentido seguir sozinho quando a pessoa que foi feita pra você bateu na sua porta. E se não for pra casar com o amor da sua vida, seja esperta, seja sozinha, seja a pessoa que vai atrás dos seus sonhos e é feliz. Eu costumava dizer que não havia nada melhor do que poder fazer o que eu quisesse e que eu jamais abriria mão da minha extremamente exercida liberdade e isso tudo ainda é muito válido pra mim. Mas seria idiota da minha parte fechar os olhos pra aparição do meu eterno marido. Por isso hoje, além de desprezar aqueles que enchem a boca pra dizer “o sonho da minha vida é casar com alguém.”, desprezo também aqueles que como eu em 2009, dizem “eu jamais vou casar, não acredito nisso”.

Curtiu o post? Que tal dar uma forcinha e ajudar a gente a divulgar o GWS? Dá um like, compartilha, um tuite também vale! :)
Ah, e pra saber mais do nosso universo encantado, é só seguir a gente nas redes sociais:
Instagram // Twitter // Facebook // Tumblr

 

assinatura Isa

Tags:


4 + 1 =



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?id=http://www.girlswithstyle.com.br/a-hora-do-sim/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/comments.php on line 60

0 Comentários