A volta dos poodles!

Por Nuta Vasconcellos / nuta@gwsmag.com

A primeira aparição dos poodles na moda foi nos anos 50. Onde 10 em cada 10 adolescentes desejavam o modelo midi, super rodado, pink e com estampa dos cachorrinhos.

Quem criou o modelo foi a estilista por acidente, Juli Lynne Charlot. Por acidente porque a moça na verdade queria ser atriz da Broadway, mas decidiu abandonar a carreira pra ser esposa (quase uma profissão naquele tempo) em um Estados Unidos pós-guerra e com o marido desempregado, Juli não tinha dinheiro para o vestido de natal, foi quando decidiu fazer ela mesma uma saia com motivos natalinos bordados. Ela gostou tanto do resultado que resolveu oferecer o modelo pra uma das boutiques (sim gente, naquele tempo loja chamava boutique) mais badaladas da época em Beverly Hills. As saias venderam super rápido e eles decidiram encomendar outros modelos fora do tema natalino. O primeiro modelo canino que Juli criou foi uma saia com dachshunds, mas não demorou muito pra famosa saia rodada de poodles surgir. Naquele tempo, a raça era bem popular.

Desde então, os poodles á estiveram in e out of fashion várias vezes. Seu último boom foi nos anos 80, começo de 90, onde o cachorro ficou até colorido.

Nos dias de hoje eles já desfilaram na passarela da Lavin e apareceram nas coleções da Moschino, H&M e em terras tupiniquins na coleção de primavera/verão de Reinaldo Lorenço. Mas, ninguém atualmente na minha humilde opinião retrata os poodles melhor que o estilista alemão Markus Lupfer. O vestido estilo suéter com a cara gigante de poodle já está na minha lista de compras imaginárias.

Vale dizer que a volta do cachorro não é só na moda não. Ele também invade a cultura pop e volta a ser umas das raças mais desejadas para bichinho de estimação.

E vocês o que acham da poodle fever?

 

Tags:


5 + 3 =


0 Comentários