❤️ Apoie as irmã ❤️

Por Girls With Style / gws@gwsmag.com

Por Pollyanna Assumpção:

sororidade1Tirinha: Aline – www.sororidade.wordpress.com

Você sabe o que é a tão falada sororidade? Ela vem do termo sorority que nada mais é do que aquelas fraternidades de meninas com nomes de letra grega que vemos em filmes americanos tipo Legalmente Loira. Mas o que importa pra gente é o significado social de sororidade: é uma forma de nós, mulheres, nos reconhecermos como irmãs, como aliadas, como parte de um mesmo sistema onde unidas, conseguimos provocar mudanças. Antes de mais nada as mulheres devem parar de se encarar com adversárias e sim como companheiras.

Tive a ideia pra essa coluna semana passada quando eu estava com minhas amigas em um restaurante aqui no Rio e os garçons ficaram comentando sobre a bunda de uma das clientes na hora que ela ia embora. Eles não só comentavam como ficavam fazendo aquelas caras cheias de espasmos que homens fazem quando veem um corpo feminino, como se nunca tivessem visto uma bunda antes. Eu me revoltei com a cena e chamei a atenção deles falando “ei gente, é só uma mulher, tenham um pouco de respeito” e eles constrangidos deram um risinho e eu respondi “não é engraçado, ela é cliente e vocês estão trabalhando. Se controlem.”. Ficou aquele clima esquisito, aquele mal estar e minhas amigas brincaram me chamando de “Pollyanna barraqueira”, mas sério gente: até quando? Quando nem seu posto de cliente de um restaurante onde você está pagando para ter um serviço te protege de ser claramente assediada, é porque a situação está fora de controle. As meninas assediadas não viram ou ouviram o assédio, mas eu vi e ouvi e não consegui ficar quieta.

sororidade

Esse fim de semana surgiu na timeline do Facebook o relato de uma travesti chamada Sofia que foi assediada e apalpada por um homem dentro de ônibus. Além de ter sofrido o abuso, ainda foi agredida por um outro homem que disse que ela não deveria estar ali dentro do ônibus com “pessoas de bem”. A expulsou do ônibus, empurrou, derrubou no chão, chutou e largou na rua. Além do relato da violência sofrida, a Sofia conta com muita mágoa que ninguém, nenhuma mulher tomou seu lado e saiu em sua defesa. Isso me deixou muito triste e eu compartilhei a foto falando que feminismo é isso também: é ter solidariedade e empatia. Mulher não é só aquela que nasce com vagina. Mulher é qualquer pessoa que socialmente se identifica como tal. Sofia merece nosso apoio como qualquer outra mulher “nascida” mulher. Sofia merece que alguém levante em sua defesa. Todas nós merecemos.

O machismo assim como um jogo de guerra para crianças, conquista e divide. É a tática de guerra mais simples que existe. Lutar contra um povo unido e com metas é uma luta eterna, que dá prejuízo e pode até levar a derrota. Minha batalha diária é contra o machismo e uma das coisas mais importantes é olhar pra outra mulher como minha aliada, como uma possível amiga, como alguém que merece meu apoio. Essa mania feia da sociedade dizer que mulher não tem amiga de verdade, é falsa, é fofoqueira, tem inveja da amiga bonita, é fútil, é competitiva, é tudo bobagem. Passamos anos da nossa vida vivendo sob essas regras imbecis e já magoamos e fomos magoadas por dezenas de outras garotas porque fomos conquistadas e divididas. É impossível lutar uma batalha contra a opressão sozinha.

Minha sugestão hoje é simples e gostaria que todas vocês que estão lendo começassem a pensar sobre como pequenas atitudes podem mudar nossa relação umas com as outras:

como-apoiar-as-irmã

Existem no mundo pessoas boas e ruins. Isso inclui mulheres também. E óbvio que você vai encontrar no mundo várias mulheres mau caráter, que vão te passar a perna e tentar te prejudicar. Já perdi amiga que preferiu ficar do lado do carinha que ela estava pegando depois que ele me ofendeu gravemente. Já sofri com competitividade e mulher tentando me derrubar profissionalmente a todo custo. Já conheci muita gente que não vale nada. Mas acredito de verdade que você atrai pra si o que dá pro outro e por isso só planto o melhor. E acredito que levando aquelas regrinhas ali em cima na vida, você pode ter uma chance mil vezes maior de conhecer boas mulheres que se transformem em irmãs ao longo da vida. E leve o feminismo e suas ideias de respeito e igualdade pro mundo! Como sempre digo, somos todas vítimas do machismo e muitas de nossas atitudes são apenas reflexo da criação que tivemos. Quanto mais mulheres livres e conscientes de nosso papel social, menos bom dia pras inimigas teremos que dar nas redes sociais.

Curtiu o post? Que tal dar uma forcinha e ajudar a gente a divulgar o GWS? Dá um like, compartilha, um tuite também vale! :)

Ah, e pra saber mais do nosso universo encantado, é só seguir a gente nas redes sociais:

Instagram // Twitter // Facebook // Tumblr // Newsletter do GWS

assinatura Pollyana

 

Tags:


2 + 2 =


5 Comentários