China é tendência! Referências ao país ganham destaque na moda e na cultura pop

Por Nuta Vasconcellos / nuta@gwsmag.com

Eu não gosto dessa coisa de “eu aviseeei” (mentira, gosto sim) mas eu aviseeei. Quem leu o post sobre influência da Índia e países emergentes na moda, já sabe do que eu estou falando. No final do post, eu disse: “Além da Índia vamos ver as influências dos Países árabes, China e Brasil na moda, música e cinema.” BINGO! Não adianta, a bola da vez é dos países emergentes.

Quem começa a ganhar destaque agora é a China, suas cores, formas, flores, cultura e até a louça chinesa prometem ser presença forte no verão que já, já chega aí. O país mistura como ninguém o kitsch e o chic por isso aposto que vamos ver no mínimo, peças interessantes por aí.

influências-da-china

Claro que tudo começou lá fora. Três marcas com propostas muito diferentes investiram na louça chinesa – essa estampa já ganhou nome, china print e inspired na Zara – como Valentino, Cavalli e a marca cool inglesa Erdem, que também investiu nos kimonos.

Na Brasil não está sendo diferente. O verão da paulista Neon é todo inspirado no país, assim como o da carioca Karamello que inspirada na China, levou para suas peças as cores e a tradição do jardim Yu Yuan Garden onde por muitos anos foi a sede do governo da dinastia Ming. As peças bordadas artesanalmente vindas diretamente do país são de babar. Eu estou louca por um kimono que vi na loja.

Na cultura pop quem já entregou o ouro da inspiração do novo album foi Katy Perry. Nas fotos de divulgação do primeiro single Roar, ela usa uma jaqueta totalmente china inspired. Aliás, Katy mostra interesse na China não é de hoje, né?

Mas quem é rei, nunca perde a majestade, certo? Senhor David Bowie já cantava sobre sua China Girl, lá em 1983.

Quem vai investir no made in China?

 

 

Tags:


5 + 5 =


3 Comentários