Cruz e crucifixo: Saiba o significado e onde encontrar acessórios com o símbolo da vez

Por Nuta Vasconcellos / nuta@gwsmag.com

Não adianta, a moda morre de amores por um  simbolismo. As cruzes e os crucifixos ganharam de vez, o coração dos apaixonados por moda. Eles apareceram em colares, brincos, anéis e até camisetas e shorts em forma de estampa ou aplicação.

Ninguém sabe com certeza a origem da cruz. Parece que sua forma mais antiga, a cruz em movimento – swástica hallada – , foi encontrada na Índia. E significa “boa sorte”. Ela é considerada um símbolo universal e muito, muito antigo. Os egípcios a chamavam ankh e era considerada uma chave mágica que abria a “fronteira da imortalidade”.

Encontramos cruzes em culturas tão distintas como a persa, etrusca, grega, escandinava, celta, africana, chinesa, maia, inca… A lista não tem fim. Mesmo que a cruz tenha um traçado simples, seu significado é carregado de complexidade, envolvendo três níveis: místico, filosófico e sociológico.

O filosofo Pitágoras dizia que Deus falava através de números e, a essa linguagem, o grego chamou de matemática sagrada, ou ciência dos princípios. Ao símbolo da cruz relacionou o número 4 que representa a ordem do mundo, as quatro bases que formam o equilíbrio da criação: humano-divino, espaço-tempo, liberdade-disciplina, masculino-feminino, duas forças em permanente conflito e complementaridade. Esse seria a explicação mitológica da coisa.

A cruz já era usada muito antes de Cristo, inclusive, todos os condenados pelas leis romanas, morriam crucificados. Mesmo assim, para os religiosos, a cruz simboliza a crucificação de Jesus e sua paixão pela humanidade.

Existem mais de 102 modelos de cruz, e cada uma delas carrega as características apontadas por Pitágoras e algumas exclusivas de cada modelo. Conheça o significado de algumas das mais populares:

Cruz invertida

Apesar da fama de má, a cruz de cabeça pra baixo tem origem católica. Simão Pedro (um dos apostolos de Jesus) foi crucificado de cabeça para baixo. Pedro pediu esta forma de crucificação porque ele não se sentia digno de ser crucificado da mesma maneira que Cristo (em pé). Por isso, alguns católicos usam esta cruz como um símbolo da humildade e da indignidade em relação a Cristo. Inclusive o Papa. A cruz de cabeça pra baixo também é associada aos satânicos e atitudes anti-religiosas (uma forma de protesto à igreja católica).

– Cruz Ansata ou cruz egípcia 

O símbolo da vida, conhecido também como símbolo da vida eterna. Os egípcios a usavam para indicar a vida após a morte. A cruz ansata popularizou-se no Brasil no início dos anos 70, quando Raul Seixas e Paulo Coelho criaram a Sociedade Alternativa. O selo dessa sociedade possuía uma cruz ansata. Na cultura pop, ele foi associado pela primeira vez ao vampirismo e à subcultura gótica através do filme The Hunger – Fome de Viver (1983).

Cruz da Trindade ou cruz trevo

Os remates de três círculos interseccionados, representa a Santíssima Trindade, doutrina acolhida pela maioria das igrejas cristãs que professa a Deus único preconizado em três pessoas distintas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo.

Cruz celta 

Originalmente ela combina o símbolo feminino, o círculo, com o masculino, a cruz, para formar uma imagem que representa a união e é ligada a fertilidade. Esta cruz pré-cristã simbolizava as quatro estações e as quatro direções marcadas, simbolizavam a Terra. Mais tarde, a Cruz Celta foi adaptada pelos cristãos para representar a conexão entre o céu e a Terra.

VITRINE:

1 – Maxi Colar Franjas Cross – Loja GWS – R$99,90

2 – Pulseira Terço – Loja GWS – R$49,90

3 – Brinco Crucifixo Chain – Loja GWS – R$ 49,90

4 – Pulseira Cruz Corda – Loja GWS – R$39,90

5 – Regata Cruz – God Rcks para Loja GWS – R$59,90

6 – Argola Cross – Loja GWS – R$69,90

– Pulseira de Mão Crucifixo – Loja GWS – R$59,90

 

Tags:


6 + 6 =


3 Comentários

  • rosival paiva de luna

    Não registro bíblico e histórico de que Pedro tenha sido crucificado de cabeça para baixo; nem que ele tenha sido morto em Roma. Alguém pode me esclarecer? Eu quero crer somente na VERDADE!! EU NÃO QUERO CRER NO QUE DIZEM SER, SEM PROVAR HISTÓRICAMENTE!!!