Dr. Martens: A história e onde comprar a sua bota!

Por Nuta Vasconcellos / nuta@gwsmag.com

Klaus Martens era um jovem médico do exército alemão que não imaginava que um dia criaria um dos sapatos mais conhecidos do mundo.

Foi em 1945, quando ele levou um tombo praticando esqui que surgiu a “primeira Dr.Martens” (também conhecida como Doc Martens) Ele resolveu desenvolver uma bota especial, mais confortável, com couro mais macio e solas amortecidas para o pé machucado, já que as do exército daquele tempo eram muito incômodas. Em 1947 Klaus Martens resolveu comercializar sua criação que por incrível que pareça, ficou bem popular entre as donas de casa e idosas. Isso mesmo. Nesse tempo 80% dos consumidores da bota eram senhoras. Pouco tempo depois, a bota acabou sendo incorporada ao uniforme de carteiros, operários, policiais e soldados. Até então, uma história bem sucedida, mas nada cool, certo?

O que o senhor Martens não esperava é que suas botas se tornariam um ícone de movimentos culturais. Em 1960, o calçado alemão vendeu a sua patente para uma fabricante britânica de calçados, a Griggs, e foi no Reino unido que a Dr. Martens, o sapato alemão mais inglês de todos os tempos, fez história.

A Griggs fez alguns ajustes, tornou o calcanhar mais macio, fez costuras amarelas nas laterais, patenteou um novo solado e as primeiras botas Dr. Martens do Reino Unido saíram em 1 de abril de 1960 com oito ilhóses na cor vermelho-cereja, feito em couro Napa.

No final dos anos 60, os skinheads começaram a usar as Doc Martens, levando assim as botas para o mundo das subculturas. No final de 1970, as Dr. Martens eram populares entre os integrantes do movimento punk rock britânico e New Wave. E nos anos 90 ganham o mundo no movimento grunge.

E vejam só como é a vida. Uma bota que começou no exército, foram as preferidas de senhorinhas dos anos 40, uniforme de subculturas que transformaram o mundo e a música nos anos 60,70 e 90 são em pleno ano 00 as preferidas de garotas que celebram a personalidade e o estilo pessoal como Daisy Lowe, Miley Cyrus, Alice Dellal e Agyness Deyn.

Falando em Agyness Deyn e Dr.Martens, a modelo fez um filme fashion pra marca. Aliás, um dos filmes fashion mais FODAS que a gente já viu. Confere aí e vê se vocês concordam com a gente:

Tá apaixonada e quer a sua agora? Você não precisa esperar viajar pra Londres pra conseguir uma. Por aqui elas são vendidas com exclusividade na loja Pretorian. O par sai por R$ 647. Se um original tá salgado demais pro seu bolso, a marca brasileira Cravo & Canela lançou coturnos super coloridos beeeem parecidos com os Doc. Martens por um preço mais amigável, R$219,99.  A Renner também investiu na idéia. E o modelo inspirado sai por R$229,00.

E vocês? Curtem?

Tags:


3 + 3 =


0 Comentários