Estive pensando sobre: Experimentar coisas novas.

Por Nuta Vasconcellos / nuta@gwsmag.com

Quem conhece o mínimo sobre signos e astrologia sabe o quanto virginianos são cheio de regras que eles mesmos criam pra eles, opiniões imutáveis, e amores e ódios concretos. Junte isso com o elemento terra, que faz esse signo ser apegado que só ele.

Bem, eu sou uma das pessoas e fui amaldiçoada por ser virginiana. É claro que o signo também carrega mil características positivas, mas esse não é um post sobre signos, muito menos sobre o meu.

Esse é um post sobre abrir a mente e o coração e experimentar coisas novas. Parece fácil, e pra alguns de vocês pode até ser, mas pra mim, sair da minha zona de conforto e crenças nunca foi nada fácil. Posso dizer que até o ano de 2009 eu era uma Nuta com muitas certezas e hoje eu vejo que eu também era uma Nuta um tanto quanto arrogante. Mesmo sabendo que muitas pessoas foram vítimas gratuitamente da minha personalidade irredutível eu garanto a vocês que ninguém foi mais vítima dela do que eu mesma.

Eu demorei a me jogar na vida, a experimentar, a tentar, a me abrir a possibilidade de estar errada. Eu demorei a sentar em um boteco com os amigos porque achava feio garotas em bar. Eu deixei de conhecer bandas novas porque eles não faziam parte da minha “cena” favorita, eu ignorava coisas importantes para o meu ex namorado porque EU não as considerava importante, eu não me permiti ser amada por garotos que não se enquadravam no que eu achava perfeito.

Mas em 2009 meu mundo mudou. Tudo mudou. Tudo que eu acredita, vivia e construía dentro das minhas regras desmoronou sem aviso prévio. Foi horrível, foi caótico, foi desesperador; Mas foi a melhor coisa que poderia ter acontecido na minha vida. A vida me deu um tapa na cara, um “acorda agora antes que seja tarde” e ela fez isso comigo da forma mais bruta e radical possível.

Eu não estou reclamando, eu sou grata a isso, e no final das contas, 2009 meu “ano do tapa na cara” foi o melhor ano da minha vida até hoje. Porque tudo que eu acreditava desmoronou e eu não tinha outra escolha a não ser conhecer outros caminhos. E foi o que eu fiz. E não foi nada fácil.

“Quebrar” cada regra de ouro, conhecer pessoas que eu não daria a chance de conhecer, colocar batom vermelho pela primeira vez, ouvir, ver, viver novas realidades, novas histórias.

Não é nada fácil para algumas pessoas se abrir ao novo. É difícil mudar o corte de cabelo que você usa por anos, é difícil dar a chance de ser amiga daquela garota completamente diferente de você.

Mas pode ter certeza, todas essas pequenas mudanças te farão uma garota mais inteligente, mais sensível, mais tolerante e mais rica.

Rica de cultura, rica de amigos, rica de experiências.

Não espera a vida te dar um tapa na cara. Não espere cair do cavalo e principalmente, não espere o tempo passar.

Experimente hoje uma coisa nova. Pode ser usar aquele esmalte colorido que você acha lindo mas nunca teve coragem de usar, ou abrir o facebook chat com aquele garoto que sempre mostrou interesse em você mas que não é o que você procura em um garoto.

Fica a dica de quem já passou por isso, você pode ser surpreender com os resultados.

Tags:


4 + 8 =



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?id=http://www.girlswithstyle.com.br/estive-pensando-sobre-experimentar-coisas-novas/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/comments.php on line 60

9 Comentários