Leituras do mês – Abril

Por Carol Guido / carol@gwsmag.com

lieituras_abril_carol_02

lieituras_abril_carol

Atrasei, mas cheguei! Mês que vem pretendo publicar o post de fato na primeira semana. Vamos ver se consigo. Fé!

Agora vou direto ao ponto por que os livros do mês são as nossas estrelas do post.

lieituras_abril_futuro_nós_dois

O futuro de nós dois, Jay Asher e Carolyn Mackler – ★ ★ ★ ★

Que livro legal! Óbvio que você tem que saber que está lendo um YA (young adult), portanto não é nenhum primor da literatura. E muito menos eu sou um primor da crítica literária, então tá bom. hahaha Mas “O futuro de nós dois” é, na minha opinião, acima da média da categoria.

Começamos com o fato de se passar durante a adolescência nos anos 90. Identificação define. E a sinopse é basicamente assim: Josh e Emma, que são os personagens centrais, entram sem querer no Facebook antes mesmo da rede social ter sido criada. Por lá eles conseguem ver o que vai acontecer no futuro, além de como as coisas que cada um faz no presente pode ter consequências totalmente imprevisíveis alguns anos adiante.

Josh e Emma tem personalidades bem definidas, ótimas piadas (já deu pra perceber que amo isso em livros, quem não ama?) e o desenrolar da história é divertido, inteligente. Apesar de um final previsível, a forma que as coisas acontecem e os conflitos que rolam no meio prendem a gente. Dá vontade de saber qual vai ser a próxima reação deles diante dos status do Facebook.

Só não dei 5 estrelinhas por que realmente acho que dá pra conseguir escrever um romance YA mais surpreendente.  Ainda estou na esperança de achar um livro assim um dia.

Ganhamos da editora há um tempão atrás e me arrependi de não ter lido antes.

lieituras_abril_sailor_moon

Sailor Moon, Naoko Takeuchi  ★ ★ ★ ★ ★

Depois do post da Nuta sobre como a Sailor Moon moldou a infância e toda a vida dela, fiquei mega curiosa. Eu nunca tive contato com a Sailor quando era pequena, nem adolescente, nem nada. Nunca vi os desenhos e muito menos os mangás. Minhas amigas dizem que fui abduzida uma época da vida. Eu prefiro acreditar nelas do que admitir que não me interessava por coisas boas.

Enfim, dramas e abduções à parte, eu fui correndo pra Saraiva procurar este volume 1. Amei infinito. Foi meu primeiro mangá, não poderia ter começado melhor.

E é sim tudo aquilo que a Nuta falou. Girl Power, divertido, engajador e bobinho na medida certa. Me arrancou risadas durante a leitura, torci pelas Sailors e fui muito feliz.

Este mangá é um relançamento da história escrita há 20 anos atrás pela Naoko Takeuchi. Conta como a Sailor Moon se descobriu Sailor Moon, os primeiros vilões que ela enfrenta, o início da amizade com a Luna, entre outras coisinhas.

Por fim, o que são as ilustrações? Coisa linda. É de Deus, é 5 estrelinhas.

lieituras_abril_divergente

Divergente, Veronica Roth – ★ ★ ★

Hummmm. Tá, eu gostei. Mas vou repetir o que já ouvi mil vezes por aí: Se você está esperando um novo “Jogos Vorazes”, joga a expectativa mais lá pra baixo, tá? E que os fãs não me matem com este comentário.

A sinopse vocês já devem saber, mas vou repassar pra quem não conhece. O livro se passa num futuro distópico onde as pessoas foram divididas em espécies de castas de acordo com as suas personalidades. São 4: Abnegação, Erudição, Amizade, Franqueza e Audácia. Aos 16 anos os adolescentes são submetidos a uma espécie de teste para saber qual casta eles pertencem e a partir disso eles podem escolher pra onde ir. O problema é que se você decidir sair da casta que nasceu, tem que abdicar de toda a sua família e amigos. O negócio é tenso.

Beatrice é a personagem central. O teste dela dá um resultado um pouco diferente do que seria normal naquele mundo. Por conta disso as coisas são ainda mais tensas pra ela. Ou pelo menos deveriam ser. E este é o maior problema com o livro, pra mim. A autora bem que tenta passar a adrenalina e os medos que as pessoas passam durante a trama. Só que comigo não colou. Ainda mais por que ela foi lá e meteu um romance mela cueca desnecessário e mal construído no meio da confusão toda.

É bom? É. Mas não te causa aquele nó na garganta, aquela raiva do sistema, aquela vontade de lutar junto com os personagens principais. Só me bateu isto em um momento, quando meu  feminismo foi diretamente cutucado. Se vocês lerem, vocês vão me entender.

Desculpa Veronica, desculpa mundo. Eu vou continuar lendo a saga, mas na boa, esperava mais. E ah! E ouvi dizer que o filme é melhor. Onde já se viu isso? 3 estrelas!

Tô meio ácida hoje mesmo. Mês que vem tem mais.

Agora vamos trocar ideia! Vocês já leram algum destes? O que acharam? Contem tudo nos comentários!

Curtiu o post? Que tal dar uma forcinha e ajudar a gente a divulgar o GWS? Dá um like, compartilha, um tuite também vale! :)
Ah, e pra saber mais do nosso universo encantado, é só seguir a gente nas redes sociais:
Instagram // Twitter // Facebook // Tumblr // Newsletter do GWS

assinatura-Carol_11

Tags:


9 + 7 =


0 Comentários