Pensa em estudar beleza na gringa? Vem saber tudo sobre a House of GlamDolls em Londres!

Por Girls With Style / gws@gwsmag.com

Por Carol Bicudo:

Deixa eu fazer uma breve apresentação aqui: Meu nome é Carol Bicudo, sou maquiadora e recém moradora de Londres. A minha ideia desde que saí do Brasil, é poder colocar no papel todo o conteúdo que eu venho absorvendo nesses oito anos de carreira. A correria do dia a dia aí não permitia isso, mas aqui embora a vida seja ainda mais corrida ela é um pouco mais organizada, então não quero perder esse tempo. Gosto muito de poder passar para as pessoas tudo aquilo que eu vejo que é legal e que pode ajudar quando o assunto é beleza. Então, nada melhor do que uma plataforma tão maneira quanto o GWS, que eu acompanho há bastante tempo. Decidi colocar esse plano em prática, procurei a Nuta e aqui estamos! Nesse primeiro post ,vou contar um pouco do curso que eu fiz logo que cheguei aqui em Londres, lá na House of GlamDolls. Antes de me mudar, um amigo me deu o contato do David Horne como referência, já que ele como maquiador inglês, poderia me dar um help quando eu chegasse aqui sem literalmente, conhecer nin-guém. E vou emanar muito amor pro Karlson (o meu amigo salvador da pátria) pra sempre, porque essa foi a apresentação mais linda da VIDA!

curso-make-carol-bicudo-1

Para começar, uma primeira apresentação sobre o David para que todas possam entender quem ele é: São 26 anos de carreira. Ele foi apenas o primeiro Mac Artist de Londres, lá na década de 90 e fez carreira na empresa como treinador. Isso mesmo, ele treinava os artistas PRO da M.A.C por aqui. Seu último trabalho dentro de uma empresa grande foi como desenvolvedor de produto na aclamada Illamasqua. E isso tudo com uma carreira de freela paralela. Acho que só isso já explica meu entusiasmo em conhecer um profissional com esse background né? Mas se não bastasse isso tudo ele ainda é um nerd de marca maior quando o assunto é maquiagem. Não é a toa que o seu instagram é @yodaofcosmetics (título dado por um aluno rs). Além de contar episódios sensacionais da própria carreira, ele ensina, fala de história, evolução da maquiagem, evolução de estilo, químicas de produtos e por aí vai. Feita a devida apresentação, e agora que vocês já entendem a sorte que eu tive de conhecer um profissional com esse currículo, nos meus primeiro meses aqui, vamos ao curso!

curso-make-carol-bicudo-2

Foram três dias de aula, o curso que eu fiz foi o “Introduction to the House of GlamDolls”. Pode parecer estranho fazer um curso de “introdução” quando se tem anos de carreira e de já ter assinado beleza de campanhas e desfiles, mas eu fiz um curso quando comecei e eu confesso que foi extremamente insatisfatório. Tudo que eu aprendi de verdade, que carrego na minha carreira, foi na prática (obrigada por isso #eternamusa Carla Biriba). Por isso, sempre senti falta de ter uma base acadêmica. Segundo que nesse caminho a gente nunca para de aprender, e mais uma introdução, nunca é demais. E foi o que aconteceu! Não tenho palavras pra descrever o quanto eu aprendi naqueles três intensos dias com o David. Além de toda uma estrutura técnica sobre maquiagem, ele forma o curso de uma maneira extremamente didática, poucos maquiadores tem a formação real de professor, o que faz uma diferença absurda. Sem falar que ensinar é algo que está na alma e ele certamente tem isso transbordando.

Fora o básico que já vemos em cursos de maquiagem, como tipos de produtos, ele entra de uma forma muito legal na classificação de tipos de pinceis, fala sobre todas as áreas que uma pessoa pode seguir como maquiador. Muitas vezes a gente acha que apenas moda e publicidade são o objetivo de todos, mas a verdade é que a profissão abrange tanta coisa! No curso, ele dá até dicas sobre como se estabelecer legalmente como “freela” em Londres. O ambiente é extremamente criativo, colorido e confortável. Fica dentro de um centro de estúdios, as mesas são reajustáveis de acordo com o evento do dia (além dos cursos ele dá workshops e todo último domingo do mês, um chá da tarde com os maquiadores que quiserem visitar para trocar ideias sobre produtos), e o melhor? A quantidade de maquiagem que tem para teste é ABSURDA! Todos os produtos que você quiser testar, ele tem.

Mas o que eu mais gostei foi mesmo a forma como ele associa arte e maquiagem. Uma das coisas que ele indica para um maquiador em Londres é dar um pulo no seu dia off  lá na National Gallery e ficar observando os retratos e a forma como a luz e sombra são representadas. Isso faz uma diferença enorme em como a gente educa o olhar. Aliás, ele fala muito sobre isso, a educação do olhar e me indicou o livro Lempika do Gilles Neret para estudo de luz e sombra.

David também fala muito sobre teoria da cor, de uma forma que nunca aprendi. Queria ter filmado, mas vocês vão ter que se contentar com a minha explicação mesmo. Entender de cor é tão importante para o processo criativo e ele me mostrou na prática isso, com três paint pots da M.A.C nas cores magenta, ciano e amarelo. Ele simplesmente misturou os três na parte de cima da mão para mostrar que até corretivo você cria sabendo a dosagem certa das cores. É ISSO MESMO! Ele fez ali na minha frente uma cobertura do exato tom de pele dele com aqueles três paint pots – e naquele momento eu tive certeza do quanto a gente tem que aprender na vida.

Para aqueles que estiverem procurando por um curso de iniciante ou especialização e pensando em estudar fora definitivamente uma aula com o David é uma experiência que eu recomendo.

Curtiu o post? Que tal dar uma forcinha e ajudar a gente a divulgar o GWS? Dá um like, compartilha, um tuite também vale! :)

Ah, e pra saber mais do nosso universo encantado, é só seguir a gente nas redes sociais:

Instagram // Twitter // Facebook // Tumblr // Newsletter do GWS

 assinatura-carol-bicudo

Tags:


4 + 9 =


0 Comentários