Pouca grana, amor & viagem dos sonhos: Uruguai

Por Girls With Style / gws@gwsmag.com

Por Gian Lucca:

Tá sem dinheiro e quer viajar? Não tem ideia de onde ir na próxima viagem? Fiquei 2 semanas no Uruguai e foi lindo!

Oi gente, como cês tão? Vocês devem ter me acompanhado um pouquinho no Instagram do GWS e viram algumas fotos que fiz no Uruguai nas últimas semanas. Resolvi fazer um post pra contar mais ou menos sobre o país e como foi minha viagem!

Tudo começou com a questão financeira e depois o sonho de continuar minha saga pela América Latina. Já passei por alguns países e resolvi investir no Uruguai, um país que todo mundo me falava muito bem e que eu admiro muito pelas notícias que vejo: legalização da maconha, do aborto, país modelo na questão da orientação sexual de cada um, etc. Vale lembrar também um detalhe importante: fui sozinho! Sim, viajar sozinho é demais!

Bom, o primeiro passo foi esse de decidir pra onde ir, o segundo foi a pesquisa de passagens aéreas e me impressionei com os preços baixos. Uruguai é um país que, por ser muito perto do sul do Brasil, é possível ir até por exemplo, Porto Alegre de avião e depois pegar um ônibus pra qualquer destino do litoral Uruguaio. Eu fiz um vôo direto, de mais ou menos 3 horas, de São Paulo pra Montevideo, onde seria “minha base”. Vou explicar. Como eu disse, a grana tava curta mas não ia rolar viajar com uma mala grandona por todos lugares que queria ir, então, consegui um hostel em Montevideo com um preço maravilhoso e lá ia deixar minha mala pra seguir viagem para os outros destinos do país.

Vou contar pra vocês os lugares que passei, como fiz pra ir, dicas de turismo, de como chegar e claro, fazer uma propaganda absurda do país porque é isso, voltei muito apaixonado.

MONTEVIDEO

MONTEVIDEO

Cheguei em Montevideo numa segunda-feira a tarde, tava bem sol e meu hostel ficava bem no centro da cidade. Deixei a mala e fui andar pra tentar me localizar de onde eu tava. O centro das cidades é sempre minha primeira opção em viagens, geralmente são sempre incríveis e mostram bem a realidade do lugar. Era isso, tava a três quadras da praia e três quadras da praça principal da cidade (e um dos maiores pontos turísticos também). 15 minutos de caminhada e cheguei numa pista de skate na frente de um parque incrível (Parque Rodó) e resolvi sentar. Fiquei alí analisando as pessoas e vi policial do lado de maconheiro. Achei isso incrível demais. Ok, alguns podem dizer “ah mas na Europa isso é normal” e eu entendo, mas o que eu digo que é incrível é que o Uruguai é um país tão perto do nosso e parece que essa realidade tá muito longe, sabe? Bom, chega de ladainha, só queria dar um exemplo. Vamo falar de coisa boa, vamo falar de passeio.

PLAZA MATRIZ, LIBERDAD, INDEPENDENCIA E AVENIDA 18 DE JULIO

PLAZA LIBERDADPlaza Liberdad

Parece bobo ir visitar praças, mas essas três ficam no centro e são muito lindas. Feiras de artesanato, wifi gratuito (e sim, eles funcionam e são excelentes!), museus e muitas opções para comer estão presentes nas três, e elas são as mais importantes e todas ficam no centro da cidade. Passava por elas mais de uma vez por dia, resolvia a vida por ali. A avenida 18 de Julio “corta” todas elas e é sempre lotada: muitas lojas, casas de câmbio, restaurantes, camelôs…

CIUDAD VIEJA 

CIUDAD VIEJA

A Cidade Velha é um charme só. Tem o Mercado do Porto, onde tem os melhores restaurantes de carnes típicas, ruazinhas cheias de arte nos muros, museus como o Museu do Carnaval (lá o Carnaval é uma tradição e dura até 40 dias, não é e samba e desfile como no Brasil, é uma coisa mais teatral) e vários monumentos históricos ao redor. Ah, tem também um lugar incrível que é o Espacio Libre de la Diversidad Sexual, o primeiro espaço público da América Latina (e o quarto no mundo) dedicado a causa GBLT, motivo pra amar e festejar todos os dias.

RAMBLA, O IMENSO CALÇADÃO  

RAMBLA

Nem todo mundo sabe, mas Montevideo é também uma cidade de praia, só que sem um mar, e sim, um rio! O Rio de la Plata é presente numa orla gigante e é está em todos os bairros da cidade. As praias mais legais são as de Pocitos e de Carrasco (o bairro chique). Não sei exatamente quantos kilômetros são, mas enfim, é Montevideo inteira e isso é coisa pra caramba.  

PUNTA CARRETAS/POCITOS  

PLAYA POCITOS - MONTEVIDEOPlaya Pocitos

POCITOSPocitos

MUDEO DE ARTES VISUALESMuseo de Artes Visuales

ZOOLOGICOZoológico

Tem o Parque Rodó que é lindo, tem o melhor shopping da cidade, tem o Museo Nacional de Artes Visuales (bem pequeno mas é bacana pra conhecer os artistas uruguaios) e vários restaurantes tipo bistrô que são bonitinhos demais. Não podemos esquecer também que em todos lugares do Uruguai vai ter um casino por perto, e o mais antigo do país também tá nesse bairro, é o Casino Parque Hotel. O zoológico e o planetário ficam bem próximos de Pocitos e vale a ida. Não espere pra ver elefantes-mágicos nem um sistema solar absurdo. O zoo é simples, mas tem girafas fofas e um hipopótamo maravilhoso (que chorei quando vi porque ele era muito lindo&gordo).  

PUNTA DEL ESTE  

PUNTA DEL ESTE

EUZINHO EM PUNTA - PLAYA DE LA MANOPlaya de La Mano

Fui pro lugar mais cafona do mundo e achei engraçado demais. Não espere nada de Punta del Este, as praias (agora com o Oceano Atlântico) são normais, aqueles dedos (a escultura famosa se chama La Mano) não são nada especiais e é tudo muito caro. “Ah, mas porque vale ir?” Porque o ônibus de Montevideo pra Punta é muito barato, são só 2 horas e é legal passar o dia e ver uma cidade diferente. Minha dica maior, pra ser cafona de verdade? Vai pro Conrad, o hotel casino mais famoso do Uruguai. É caro mas vale a pena. Tem máquinas do Sex And The City, uma vista absurda de linda, bons restaurantes e ah, um rolê pelo centro é bacana também, dá pra passear e curtir um ~visual maneiro~. Um taxista perguntou se eu era fã de Roberto Carlos e parou na frente da casa dele lá. Tirei uma selfie nesse ponto-turístico que só eu amei. Sou muito fã de Robertão. A casa é iradíssima.  

CABO POLONIO  

CABO POLONIO

Ah, como eu queria morar nesse lugar. Dunas maravilhosas por todas as partes, sem carros e sem energia elétrica. Pensa num lugar de paz. Um dia na praia eu só ouvia as ondas e sentia meu coração bater forte de amor. O problema pode ser chegar até Cabo Polonio, que além do ônibus, tem que pegar uma “jardineira”, que são aqueles caminhões sem segurança nenhuma que você viaja praticamente no capô. Mas vale a pena, vai por mim. Tem um Farol que é possível subir e aí sim, se vê a vista mais linda do mundo. A hospedagem fica somente com hostels que são bem simples mas muito charmosos. Veja bem, eu disse “charmosos”, mas a ideia é entrar no clima e saber que você vai passar um mini-perrengue pra dormir. Conheci uns americanos que desistiram de todo o roteiro pra ficar só ali. Eu também tive essa vontade, confesso. Passeios de barco e muitos lobos-marinhos saltitam nas pedras. Nada pode ser mais lindo.

COLONIA DEL SACRAMENTO  

COLONIA

No começo do post eu disse como se pode chegar no Uruguai e esqueci de dizer que também dá pra ir pela Colonia! Uma hora de barco cruzando o Rio de la Plata é possível chegar em Puerto Madero, bairro de Buenos Aires. O passeio deve ser bacana, mas eu não fiz pois já conhecia Buenos Aires e não é barato, preferi curtir por lá mesmo. Curtir é uma palavra meio forte pra Colônia do Sacramento, a cidade é muito, mas muito pequena e é realmente uma área pra descanso e comer muito. Tem restaurantes excelentes (os melhores de todos que vi no Uruguai) e também conta com aquela pitada charmosa que o Uruguai todo tem. Casinhas de ‘1800 e bolinha’, bares com música típica, um Farol (eles adoram light houses) pra ver toda a cidade, ruas de pedras… Deve ser bom pra ir juntinho do romance!  

BATE-BOLA-JOGO-RÁPIDO DE TUDO QUE ESQUECI DE FALAR NO GERAL  

GASTRÔNOMIA: eu não curto muito carne, então passei um pouco de perrengue. Lutei pra achar bons restaurantes italianos e comidinhas mais saudáveis, tipo uma boa salada. A dica é: brother, encara os fast-foods que dieta cê faz quando voltar de viagem.  

TRANSPORTE: táxi resolve muito a vida e é muito barato. Vale a pena, até por segurança de não se perder. Discando 141 de qualquer telefone você consegue chamar um. Maravilhoso.  

SEGURANÇA: não vi nada e não vi nenhum motivo pra me preocupar. Claro que é normal a gente ficar ligado com celular, carteira, dinheiro (principalmente nas saídas das casas de câmbio). Todos com que eu conversava me diziam pra ficar tranquilo, e eu fiquei.  

MOEDA URUGUAIA: os pesos uruguaios são confusos mas existe uma forma rápida de entender eles. 1 real vale mais ou menos 10 pesos uruguaios, ou seja, todos os preços bizarros nas vitrines você tira o último 0 e enxerga o nosso real. Exemplo: calça jeans 1200 pesos = 120 reais. Levar dólares é muito bom, 1 dólar é mais ou menos 23 pesos! Os melhores câmbios estão na Avenida 18 de Julio, no centro de Montevideo. Jamais troque no câmbio do aeroporto, é um roubo.  

AEROPORTO DE MONTEVIDEO: é bonito, meio pequeno, meio moderno por fora, normal. Tem pouca opção pra comer e o wifi só é livre por 30 minutos de uso. O free shop é ótimo.  

RODOVIÁRIAS: todas muito boas e fáceis de circular. Ônibus baratos pra todas as partes.  

COMPRAS: não vá achando que vai voltar com a mala cheia de roupas novas. Tudo mesmo preço do Brasil e as vezes até mais caro. Na verdade aqui no Brasil temos muito mais opções de lojas e a qualidade é melhor. O máximo que você vai comprar no Uruguai é artesanatos locais e desfrutar de velharias incríveis nas feirinhas espalhadas por todos os lugares.  

TELEVISÃO: eu sei que ninguém quer saber sobre os canais de televisão do Uruguai, mas só queria deixar registrado que assisti Viver A Vida num canal e rever o Félix (Mateus Solano) falando espanhol foi muito emocionante.  

TAX FREE: a maioria das lojas tem e é só pedir pra fazer o documento. Com ele, antes de embarcar, seja de ônibus ou avião, você consegue resgatar até 20% do valor da compra.  

ELETRICIDADE: parece banal mas isso é bacana saber. Tudo é 220v, ou seja, antes de colocar teu lindo secador pra fazer aquele topete, veja se está em 220v.  

DROGAS: foi legalizada a maconha e a venda em farmácias começa a partir de janeiro. Não vão existir coffee-shops como em Amsterdã, por exemplo. Lá o uso é restrito para cidadãos, mas claro que dá pra conseguir, sabe como é. Os uruguaios estão passando agora pelo processo de cadastramento, para terem como comprar nas farmácias. Vai ser somente um tipo de erva, diferente também de outras cidades como Los Angeles, que tem uma cartela de opções marijuanescas.  

FUMO: proibido igual no Brasil, permitido somente em lugares abertos. Lá existe uma super-lei que também tirou a veiculação de cigarros do tipo ‘light’, pra não incentivar o fumo etc.  

SAÚDE: espero que ninguém precise, mas na região de Pocitos e Barrio Sur tem bons hospitais. Esqueci de falar também que existe uma nova lei da saúde no país, que é a do não consumo de sal. Toda comida no Uruguai vem sem sal, você tem que pedir pro garçon antes: “Chico, quiero mi comida con sal”. Meu espanhol maravilhoso.  

LÍNGUA: todo mundo entende português e no terceiro dia você já vai estar falando um portunhol incrível.  

O QUE EU USEI PARA ME ORGANIZAR   PESQUISA DE PASSAGENS: vôos da Gol saem diariamente de vários aeroportos do Brasil.  

GUIA: o nome é O Viajante Uruguai, é ótimo e tem dicas de tudo! Achei muito bom. A capa dele é azul, acho que isso ajuda.   PASSEIOS E DÚVIDAS: tirei todas dúvidas no www.brasileirosnouruguai.com.br, o site é ótimo e o atendimento também. Eles tem várias parcerias para passeios.  

HOSPEDAGEM: em Montevideo fiquei no Planet Hostel Montevideo (www.planetmontevideohostel.com) apesar do site ruim, eles são ótimos e melhor localização/preço não há. Pode falar pra Sandra (a dona) que eu indiquei, ela me amou, não queria que eu fosse embora hahaha! Em Punta eu fui meio playboy e fiquei no Conrad, o quarto mais barato custa 90 dólares. Em Cabo Polonio tem algumas opções, todas mais ou menos iguais, não foge muito dos 30 a 50 dólares a diária.   Galera, espero ter ajudado vocês e ter passado pelo menos um pouco do que vi de legal no Uruguai. Se você não entendeu nada, me manda um email, quero muito dividir com vocês as coisas lindas que vi por lá. Vale muito a pena e o custo-benefício é ótimo. 2 semanas e pouco mais de 3 mil reais, com tudo. Show, né? Acho que era isso. Besos y buen viaje!

Curtiu o post? Que tal dar uma forcinha e ajudar a gente a divulgar o GWS? Dá um like, compartilha, um tuite também vale! :)

Ah, e pra saber mais do nosso universo encantado, é só seguir a gente nas redes sociais:

Instagram // Twitter // Facebook // Tumblr // Newsletter do GWS

assinatura Gian_5

Tags:


4 + 1 =



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?id=http://www.girlswithstyle.com.br/pouca-grana-amor-viagem-dos-sonhos-uruguai/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/comments.php on line 60

1 Comentários