Pra ouvir: First Aid Kit

Por Girls With Style / gws@gwsmag.com

Por: Chames Olivera

first-aid-kit

Cheguei na música das irmãs suecas Johanna e Klara Södeberg, da dupla First Aid Kit, dia desses de bobeira no youtube. Assisti ao clipe de My Silver Lining e bateu aquela sensação de “Gente, onde que eu estava no mundo para nunca ter ouvido falar dessas duas?”. E olha que elas já estão há anos na estrada, viu? Só para vocês terem uma noção: o terceiro álbum chamado Stay Gold saiu em junho desse ano.

Tudo começou sete anos atrás quando Klara, a mais nova das duas, começou a compor suas primeiras canções. Em 2008, assinaram com a Rabid Records e lançaram o EP Druken Trees. No mesmo ano aconteceram as primeiras apresentações, inclusive fora da Escandinávia – região da Europa onde nasceram. Depois que lançaram o primeiro álbum em 2010, o  The Big Black & Big Blue elas realmente ganharam o mundo e saíram em turnê pelos EUA, Canadá, Nova Zelândia, Austrália e partes da Europa. Em 2012 veio seu sucessor: The Lion’s Roar. O disco proporcionou conquistas ainda maiores, como shows em importantes festivais como Lollapalooza e Glastonbury. A revista Rolling Stone escolheu a música homônima como o décimo melhor single daquele ano.

Stay Gold, último álbum lançado das garotas, segue a mesma linha dos outros e  já alcançou a primeira posição na Suécia e a décima primeira na Grã Bretanha.

first-aid-kit-2

Se vocês ainda não estão convencidas do poder dessas duas olha quem curte e muito o som delas: Jack White. Klara Söderberg declarou  que eles gravaram juntos o single “Universal Soldier” por iniciativa do próprio White, que do nada as convidou para ir ao seu estúdio um dia após encontrá-las. Vale lembrar que elas também já  abriram a turnê de Jack. A história de amor não termina aí. First Aid Kit visitou os estúdios da rádio australiana Triple J e fez uma cover de Jack White. A música escolhida pela dupla foi “Love Interruption”, presente no primeiro disco solo do músico.

Johanna tem 23 anos e Klara apenas 20, mas já mostram que garotas podem fazer um som folk/country com uma pitada de indie pop com muita qualidade. Além de produzirem boa música, as meninas capricham no visual. Elas carregam uma vibe boho 70’s e meio mística e não é só na maneira de se vestir não! Os vídeo clipes também são cheios de referências ao misticismo (quem lembra do post sobre a febre do misticismo?) como em Wolf.

Uma mistura bem feita de talento musical, estilo e atitude. Curtiram?

Sigam as garotas nas redes sociais para ficar por dentro das novidades: // Facebook // Instagram // Twitter

Curtiu o post? Que tal dar uma forcinha e ajudar a gente a divulgar o GWS? Dá um like, compartilha, um tuite também vale! :)

Ah, e pra saber mais do nosso universo encantado, é só seguir a gente nas redes sociais:

Instagram // Twitter // Facebook // Tumblr // Newsletter do GWS

assinatura-Chames

Tags:


9 + 8 =


1 Comentários