Primeiramente boa noite #19 – É isso

Por Girls With Style / gws@gwsmag.com

Por Gian Lucca:

anão em chamas

Acho que eu já usei esse título em outro post, mas é isso, eu tenho uma mania danada de falar “é isso”. De falar “danada” também e tá tudo bem. Tenho mania também de falar “tá tudo bem” pra quando as coisas estão uma merda. Prefiro o “tudo bem” a merda, não sei vocês. “Não sei vocês” também é outra coisa que falo bastante quando quero comparar algo legal da minha vida a vida escrota dos outros. “Escrota” é também outra palavra que permanece na minha boca assim como sei lá, “caralho”. “Caralho” é uma palavra boa, “porra” nem tanto. Cês me entenderam.

Recebi um email essa semana de uma leitora (brigadão viu, querida, manda sempre) que perguntava como ela identificava um cara hétero de verdade, que não escapasse da cerca e fosse lá chupar uma rola. Não sei se vocês lembram, mas na semana passada contei umas histórias sobre meus vizinhos e um deles era o pegador das loirinhas e acabou no chão chupando um pau. E chupando bem daora mesmo. Eu ainda não respondi o email porque achei que ter um post falando sobre isso seria mais legal.

A verdade, verdade mesmo, é que você não vai saber. Ninguém vai saber. Acho que as vontades sexuais que temos desde sei lá, 12 anos de idade, permanecem até a hora de você ter cu e ir lá fazer, e elas se acumulam com o passar dos anos. Com 12 anos eu talvez já quisesse pegar o DiCaprio, hoje eu queria muito pegar o DiCaprio. Ok, esse é um péssimo exemplo porque todo mundo pegaria o DiCaprio. Estranho também (ou não) é que as mulheres tem total liberdade de beijar outras mulheres e não saírem como lésbicas ou bissexuais. Elas são modernas. Héteros adoram as modernas. Pena que essa modernidade as vezes é cafona. Já no segmento homem, se beijou outro cara, fodeu, é viado. Famoso machismo, aquela coisa. Mas voltando, você não vai ter como saber. Conheço um casal que o cara já pegou um homem e a mina dele sabe. Tudo bem, porque é tudo bem, porque o cara teve vontade e foi lá pegar, porque o fato dele beijar outro homem não significa que ele dá o cu, entende? É essa coisa da cabeça livre que tem que rolar e relacionamento também é diálogo, também é descobrimento. Não sei se respondi sua pergunta mas acho que você não devia procurar um cara hétero. Procura um que goste de você, te coma bem, te faça feliz.

A internet é maravilhosa e hoje caiu esse anúncio no meu Facebook. Foi tipo um presente. “Brincadeiras como arremesso de anão, nanocorridas e anão em chamas estão inclusas”. Cês leram isso? Arremesso de anão, nanocorridas, anão em chamas. Eu liguei pro anão, mas isso vai ser no próximo post, semana que vem, só aqui, no GWS. Brigado beijo-beijo e tchau-tchau.

Curtiu o post? Que tal dar uma forcinha e ajudar a gente a divulgar o GWS? Dá um like, compartilha, um tuite também vale! :)

Ah, e pra saber mais do nosso universo encantado, é só seguir a gente nas redes sociais:

Instagram // Twitter // Facebook // Tumblr

assinatura gian

Tags:


5 + 8 =


0 Comentários