Primeiramente boa noite #22 – Se não aguenta não se envolve

Por Girls With Style / gws@gwsmag.com

Por Gian Lucca:

#22

Fiz uma pesquisa muito simples com meus amigos. Na verdade era uma dúvida pessoal. Se você estiver na rua de madrugada e tiver duas opções de caminho, sendo um caminho livre e um caminho com um carro da polícia, você vai optar por qual? Todos disseram que iriam pela rua sem a polícia. Bizarro, né? O mais engraçado é que a polícia devia passar segurança pra gente e não medo. Esse é o país que vivemos. Acho que tô meio sério hoje. Brincadeira, mas isso é sério. Primeiramente boa noite + GWS também é o que? Reflexão.

Eu sofro muito de saudade. Eu às vezes só queria trepar de novo com o fator ex pra lembrar e recordar. Porque é isso, recordar é viver, assim como viver é transar. As pessoas estão caretas. E loucas. E eu tô cansado. É muita burocracia pra rolar um beijinho. Beleza, acho muito legal também sei lá, Tinder, mas é todo um papinho tão chato, toda uma análise tão chata de redes sociais que você desiste e enjoa. As regras das redes sociais destroem nossa vida social. Quando a gente imaginou que curtir uma foto antiga seria sinal de “ih, tá querendo”, sabe? Mas a saudade é maior que o beijo ou sexo, as vezes você só sente saudade mesmo, ir ali do lado tomar uma cerveja. Ah, mas tomar cerveja não pode ser nem segunda nem terça, só a partir de quarta, porque é mais perto do final de semana e você fica com aparência de responsável ou pessoa fina. Pode aí até chamar de “happy hour”. Eu odeio mais que tudo essa expressão. Hora feliz pra mim é outra coisa. Caguei baldes pro teu carro automático branco e tua finesse. Só acho que as coisas poderiam ser mais fáceis. Uma vez eu tava numa festa e um amigo começou a dançar com uma mulher de uns 50 anos. Ficou lá dançando com a gata (sim, no mundo normal, ela pode ser gata, ter 50 anos e ir pra balada) por uns 20 minutos. Cara, cê tá numa festa dançando 20 minutos juntinho, obviamente pode rolar uma parada. Ele saiu sem dar nem tchau. Perguntei se ele tinha feito isso mesmo e na hora virei e fui lá continuar a dança. 5 minutos depois já tava atracado na parede com a mulher. Foi bonito. Mas eu tava falando de saudade, e eu sinto saudade de muita coisa. Amigos principalmente. É impossível conseguir administrar todos, falar com todos… Mas custa nada ser normal, ser adulto, dar um oi. A galera adora esse bordão de ser adulto. Pra mim ser adulto não é só pagar as contas.

Duas coisas completamente diferentes mas na mesma situação. Acho que chegou a hora de falar de Lollapalooza. Me perguntaram por email o que eu pretendia ver no festival, mas antes, vou contar sobre a ida no táxi. Eu tenho muita sorte com taxistas no geral, mesmo eles nunca sabendo o caminho pra chegar nos lugares. Eu e quatro meninas no táxi indo pro festival. Uma amiga médica mostrou um raio-x de um paciente, e nele tinha um negócio pontudo, formato de tipo um cilindro, bem grande. Começamos a rir e ela desafiou a gente a descobrir o que o cara tinha enfiado no cu. É, gente, cu. Tá tudo bem, não é palavrão, é só cu. E não tem acento. Depois de algumas tentativas sem sucesso, ela conta que o cara tinha enfiado uma bala de canhão no cu. Bala de canhão. A desculpa do sujeito é que ele tropeçou bem em cima da parada e caiu. Fofo, né? Mas enfim, voltando ao Lolla, no primeiro dia tava muito caos mesmo e só consegui ver Imagine Dragons beeem de longe, Phoenix e seu show impecável e Disclosure todo alucinógeno. No segundo dia tudo diferente, cheguei no festival em 20 minutos, tranquilo pra entrar e 2 da tarde já estava no Johnny Marr. Ainda vi Ellie Goulding que nunca tinha ouvido falar, Vampire Weekend, Jake Bugg príncipe absoluto e por fim New Order, que eu esperava muito mais, mesmo todo mundo dizendo que eles eram ruim ao vivo. No geral, eu curti. Faltou uma brasilidade mas eu curti.

Eu sei que sou muito repetitivo e isso é chato, mas brigado de verdade pelas mensagens que tenho recebido aqui. Em breve vai ter fanzine do GWS fresquinho pra vocês, ‘tamo’ trabalhando forte pro negócio ficar lindo! E vai ficar, porque a gente é foda. A bossa nova é foda. Leonardo DiCaprio é foda. Eu sempre arrumo um jeito de por o DiCaprio nos posts. Isso é amor. Amor é gostosin.

Curtiu o post? Que tal dar uma forcinha e ajudar a gente a divulgar o GWS? Dá um like, compartilha, um tuite também vale! :)
Ah, e pra saber mais do nosso universo encantado, é só seguir a gente nas redes sociais:
Instagram // Twitter // Facebook // Tumblr
assinatura gian

Tags:


8 + 8 =


0 Comentários