Primeiramente boa noite #23 – Tempo de ovos

Por Girls With Style / gws@gwsmag.com

Por Gian Lucca:

23

Nesse tempo chuvoso eu só quero pra sempre meu tapete de pêlos-creme-sintético, um Caetaninho na vitrola e aquele lá. Como sempre, eu falo tudo mas não falo nada. O pior é que a gente já é meio íntimo, vocês já sabem muito mais coisas. É engraçado isso da internet. Você conhece a pessoa sem conhecer. E na verdade nem precisa conhecer. Me lembrou o filme Her, que o cara se apaixona pela mina do sistema operacional. Puta filme. Não entrou pro meu top 3 porque é muito difícil bater Titanic, Outono em Nova York e Em Algum Lugar do Passado, mas bateu na trave. Queria ter chorado mais. Tem graça nenhuma amor que não sofre. Amor é sofrido até em música de axé, funk, rock. Tem que se foder.

Eu não tenho uma opinião formada sobre a páscoa. Acho bacana a parte dos ovos, mas costumo não trabalhar nessa área por uma opção de vida e saúde mesmo. Na verdade depende do ovo. Tem ovos que são gostosos, as vezes tem aquela diferença de cor. Não sei explicar. Mas é sempre bom aqueles ovos que tem uma surpresa. Macios. Todo mundo curte uma surpresa, uma zoeira. Mas é realmente um segmento que costumo não passar. Tô dizendo do corredor do supermercado, claro. Acho burocrática a coisa da carne, do corpo de Cristo e tal, mas tudo bem, eu também não como carne na sexta santa, no máximo um enroladinho de presunto e queijo, porque aí não conta. Misto quente pode rolar também. Não pode passar fome. A night da quinta só não pode ter larica no McDonalds, que fica ainda mais irresistível com essa promoção que você tira os selinhos e ganha mais comida. Cara, ninguém junta vários selos pra ganhar um carro. A gente curte o nuggets de 4. É sempre muito difícil quando chego no Mc pra fazer meu pedido: “Oi, quero um cheddar especial pão/carne/queijo com coca e batata grande. Ah, pode colocar um nuggets de 4 também. Débito.” Pensa num nuggets de 4. Toda semana a mesma coisa.

Dedinhos, da Eliana, foi meu primeiro vinil. Assim como meu primeiro cd foi da Débora Blando, que comprei junto com um do Charlie Brown Jr. Tempos depois lembro de ter comprado É O Tchan (do Havaí) e pouco mais pra frente Let Go, da Avril Lavigne. Ou seja, isso mostra que todas as músicas que você ouvia na infância não faz sentido nenhum na vida adulta. Melhor assim. Há quem diga que o primeiro cd comprado foi do Nirvana, outros vão ser mais verdadeiros e assumir que foi da Shakira. Isso é tão legal. Saber qual foi o teu primeiro disco/cd é muito legal. Outros mais clássicos vão dizer Sandy e Junior. Acho que preciso fazer um post só sobre essa dupla. A evolução de Sandyjunior. Sim, pra mim e pra 80% da população Sandy e Junior não são separados, são simplesmente Sandyjunior. Eles não comem, não bebem, não fazem sexo com pessoas. Eles são a lenda dessa paixão que pula, pula e pula, que faz um dig-dig-joy imortal nas quatro estações. Mãe, suspende o ácido do moço.

Curtiu o post? Que tal dar uma forcinha e ajudar a gente a divulgar o GWS? Dá um like, compartilha, um tuite também vale! :)
Ah, e pra saber mais do nosso universo encantado, é só seguir a gente nas redes sociais:

Instagram // Twitter // Facebook // Tumblr

assinatura gian

Tags:


6 + 3 =



Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/?id=http://www.girlswithstyle.com.br/primeiramente-boa-noite-23-tempo-de-ovos/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/comments.php on line 60

0 Comentários