Ligeiramente Ruiva

Por Carol Guido / carol@gwsmag.com

ligeiramente-ruiva

A moda das ruivas parece que veio para ficar. Depois que Isla Fisher apareceu nas nossas vidas, a sensação que tenho é que abrimos os olhos para as possibilidades de 50 tons de ruivo que podem ficar legais dependendo do seu gosto.

Eu sempre fui apaixonada pelos cabelos alaranjados. Só nunca tinha pensado neles como uma possibilidade pra mim, por que, para ser sincera, eu era obcecada por loiros na adolescência.

primeira-vez-pintando-o-cabelo-de-ruivo

Há uns 3 anos atrás, tomei coragem e fui no salão pintar. O resultado ficou fofo, mas de certa forma eu estranhei por conta do tamanho que meu cabelo estava. Curtinho eu não me sentia “poderosa” como eu queria. Ficou mais pra cute. Uma amiga até me deu o apelido de Moranguido! hahahaha

Com isso, acabei decidindo deixar a cabeleira crescer. E fiz planos: quando meu cabelo passasse uns 5 dedos da altura dos ombros, eu ia ficar ruiva de novo.

Eis que este momento chegou! E eu voltei a ficar medrosa. hahaha Além disso, rolou uma preguiça. Não queria ter trabalho de ir para o salão todo mês retocar a raiz, fora a grana preta que ia gastar. Por isso, comecei a procurar alternativas que pudessem ser feitas em casa e não me dessem trabalho.

A minha vantagem é que tenho um cabelo bem fácil de modificar. Das cores que já tentei pintar, nada me deu muita mão de obra. Tudo pega, quando começa a abrir a cor fica bonito, e dependendo do tom que quero chegar, não precisa descolorir. Por isso, pude me dar ao luxo de tentar algo em casa que fosse bem simples.

primeira-passada-de-tinta-vermelha

Depois de pesquisar um pouco na internet, ouvir opinião de várias pessoas, uma amiga me apresentou a Casting nº 834, cor Caramelo, da L’oreal. Apesar do nome ser este, já dá pra ver na foto da caixinha que a cor não é um tom castanho, que normalmente a gente associa quando lê “caramelo”. Ela tem um quê de ruivo e realmente era o que eu precisava: Uma cor ligeiramente ruiva. Algo que eu pudesse desistir daqui uns meses sem ter muito prejuízo.

aplicando-tintura-ruiva

O processo fácil de passar tinta de caixinha

Para quem nunca pintou o cabelo com tinta de caixinha, tirei fotos do processo pra mostrar como é prático.

1) Primeiro precisei molhar o cabelo. A tinta pega melhor com ele úmido.

2) Depois, fiz a misturinha da caixinha. Vem uma espécie de garrafinha com um líquido já lá dentro. Aí você adiciona o conteúdo de uma bisnaga e mistura bem até ficar uniforme. Fiquei com um certo medinho por que a cor da tinta ficou escura no frasco. Mas respirei fundo e deixei pra lá por que, na real, isso não tem nada a ver com o resultado final. hehe

3) Aí vem o teste de alergia e sensibilidade. Você passa um pouco da tinta no cabelo perto da nuca e deixa agir um pouco. As instruções vem direitinho na embalagem.

4) Se der tudo der certo, é só passar a tinta pelo cabelo todo, como quem passa creme / shampoo. Se certifique de passar em tudo, não deixando nenhuma área sem cobertura.

5) Espere o tempo indicado na embalagem e lave! Prontinho!

No meu caso, deixei a tinta agir uns 10 minutos a mais do que o indicado. Achei que poderia “pegar” melhor. Acho que deu certo.

Além disso, precisei passar duas vezes para que realmente do jeito que eu queria. Na primeira vez, quase não tive resultado. Eu notava o ruivo muuuuito de leve e meus amigos e cologas de trabalho nem perceberam. Já na segunda vez, com a base um pouco mais clara e aberta pro ruivo (mesmo que imperceptível), pegou melhor. Esperei duas semanas entre uma aplicação e outra.

cabelo-ruivo

Tenho a impressão de que a próxima vez que passar, vai ficar ruivo mesmo. Estou até dando um tempo maior desta vez para pintar. Como falei, não quero ficar escrava do processo.

Alguns cuidados

  • Como falei lá em cima, o cabelo tem que ter um tom “favorável” para funcionar direto com a Caramelo 834. Muita gente pinta primeiro no salão e depois usa ela para abrir o tom ou como manutenção. Fica bem legal mesmo!
  • Mesmo sendo praticamente um tonalizante, a Casting dá uma ressecada no cabelo. Tem que hidratar para não ficar com as pontas secas. Mas nada grave. Acho a boa aquelas ampolas de restauração de 3 minutos. Tem de diversas marcas, são baratinhas e costumam funcionar. A única que experimentei foi a da Pantene. Ainda não testei outra por que deu super certo pra mim.
  • Onde comprar? Qualquer farmácia ou loja de produtos de cabeleireiro.

E vocês, já pintaram o cabelo em casa alguma vez? A experiência deu certo?


Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/comments?id=http://www.girlswithstyle.com.br/ligeiramente-ruiva/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/archive.php on line 63
Comentar

Tags:

Matthew Curtis: Hairstylist da TRESemmé e da Mercedes-Benz Fashion Week em entrevista exclusiva!

Por Nuta Vasconcellos / nuta@gwsmag.com

O GWS foi convidado pela TRESemmé para fazer uma entrevista exclusiva por email com o hairstylist Matthew Curtis e é claro que a gente aceitou na hora!

TRESemmé é patrocinadora oficial do Mercedes-Benz Fashion Week. E o chefe dos hairstylists é Matthew, que é um grande nome das semanas de modas de muitos looks para revistas como a Vogue e a Elle . Na última semana de moda de NY, ele foi responsável pela beleza do desfile da Vivienne Tam,  que teve a TRESemmé como patrocinadora oficial.

Se liguem na entrevista onde eu peguei dicas para os cabelos das brasileiras e perguntei um pouco sobre a Mercedes-Benz Fashion Week!

GWS: Quem ou o quê inspiram seu trabalho? Você alguma vez já assistiu um filme e ficou inspirado por um personagem e pensou: “vou levar isso pra passarela.”?

Matthew: O tempo todo, eu encontro inspiração através de tantas coisas, quer se trate de arquitetura, moda, história da música, ou filmes. Na temporada passada eu assisti um monte de filmes de ficção científica como eu estava trabalhando em Nova York durante a semana de moda em uma coleção que foi baseada em Sci-Fi. Eu queria criar cabelo que estivesse em torno de filmes como Alien, Homens de Preto, Predador e Prometeu. Filmes entram na sua mente e te levam para outro lugar que alimenta a imaginação. Acho isso uma forma positiva para se inspirar e iniciar o processo de inspiração criativa.

GWS: Meninas brasileiras usam muito o cabelo solto, como não temos a cultura de fazer penteados no dia a dia. Você tem alguma dica rápida para as meninas que querem “quebrar esta tradição”? Algo fácil e rápido de fazer para ir para a escola ou trabalho?

Matthew: Tente dormir com bobs. Há rolos de espuma certos que você pode dormir com o cabelo úmido. Quando o cabelo estiver seco, de manhã, você tira os rolos e terá o cabelo grande e saltitante. Esta é uma maneira sem estresse para criar cachos.

Você também pode escovar e alisar através dos cachos em ondas vintage e alterar a forma de aplicar os rolos para obter diferentes looks. Apenas lembre-se de aplicar o mousse TRESemmé quando seu cabelo está úmido para segurar (mousse extra Firme TRESemmé).

GWS: Existem dois problemas que são muito comuns para as meninas brasileiras: frizz do cabelo e muito volume. Por favor, nos salve e diga se houver um corte de cabelo que ajuda o problema e que produtos são bons para isso!

Matthew: A cultura brasileira é muito praiana e cada mulher que eu já vi do Brasil é linda. Sendo que o ar de praia e a água podem desempenhar um fator em seu cabelo em que o estilo nem sempre segue o fluxo natural quando se trata de tendências. Então esqueça os bobs pequenos e gráficos que mantém o cabelo em forma. Em vez disso eu gostaria de sugerir torção de secagem de cabelo mais praiano para reduzir o volume. Para conseguir um estilo rápido, sugiro a aplicação de um mousse TRESemmé (mousse extra Firme TRESemmé) em seu cabelo úmido após lavagem e condicionamento para segurar o cabelo.

Enquanto o cabelo ainda está úmido, comece dividindo-o em seções da nuca para o topo de sua cabeça e torcer as seções do cabelo (quanto maior a seção, mais solta a onda. E também quanto mais o cabelo é elevado/solto quando torcido, maior volume será criado no final. Se você puxar e torcer as seções mais apertado,  será criado um volume menor no final).

Quando estiver com os cabelos divididos, inicie a torção da nuca no fundo e trabalhe o seu caminho até o topo de sua cabeça. Certifique-se de torcer as seções longe de seu rosto.

Depois que isso for concluído, usar um difusor para secar o cabelo ou dar tempo para que seque naturalmente. Uma vez que o cabelo esteja seco, sacuda as voltas e amasse o cabelo com as mãos. Também aplicar um soro TRESemmé (TRESemmé Remédio Split – Reconstrutor de Pontas Duplas) sobre do meio para as pontas do cabelo para reduzir o frizz e ajudar a criar uma aparência saudável. Sempre use um hairspray depois de completar um penteado para ajudar a proteger contra a umidade e mantê-lo no lugar.

GWS: Diga-nos três produtos que você acredita que toda garota deve ter para cuidar de seus cabelos.

Matthew: Cada mulher deve ter estas três coisas:

• Uma Mason e Pearson, a escova de todos os hairstylists

• Um ótimo spray que seja leve e de fácil escovação

• Um secador de cabelo poderoso com um bocal

GWS: Para a coleção de inverno Vivienne Tam na Semana de Moda de NY, você escolheu um cabelo “para trás” com as pontas na testa que nos deram a sensação de franja e também uma espécie de punk. Essa era realmente a “ideia”? Como criar penteados da passarela?

Matthew: A equipe de estilo TRESemmé trabalhou junta no penteado, mas tem muitas outras coisas que contribuem para a aparência geral. Ao criar um estilo de passarela para um designer, temos que levar tudo em consideração, as roupas, a maquiagem, os modelos e inspiração do designer por trás da coleção.

Antes do show, sempre temos uma reunião de teste de cabelo e maquiagem. Antes da reunião de teste já recebo alguma inspiração e posso atender a designer com algumas ideias vagas que servem como base do que vamos criar.

Durante essa reunião, os membros da equipe de maquiagem, cabelo, design e outros estão todos lá para compartilhar ideias, colaborar e discutir o que nós gostamos das outras equipes. Então vamos tomar todas as ideias e conversas e traduzi-las em um estilo que trabalha em uníssono com o make-up e roupas.

GWS: Nós sabemos que você faz semana de moda, como a NYFW, editoriais de moda para revistas como Vogue e Elle e você também tem o seu salão de beleza para os clientes “reais”. Qual deles você gosta mais e por quê?

Matthew: Todos são ótimos! Eu amo semanas de moda e ser capaz de passar um tempo com a minha equipe que eu tenho escolhido a dedo ao longo dos anos. Eu me sinto muito sortudo de passar dois meses do ano com pessoas que eu amo e estou inspirado a fazer algo que eu desfruto completamente. Sinto-me realmente abençoado no estilo de vida que eu escolhi.

GWS: Com base nas últimas semanas de moda, NYC, Londres, Milão, o que você acha que é a próxima grande tendência para os cabelos e como você acha que podemos encaixar essa tendência em nossas vidas? E diz pra gente que produto de cabelo esteve em todos os bastidores da Mercedes Benz Fashion Week? E porque devemos tê-lo?

Matthew: Essa é uma grande questão, como às vezes você vê uma tendência na passarela, mas não há nenhuma maneira que você poderia facilmente traduzir isso na vida cotidiana. Eu sugiro que você tente o look molhado. Isso vai ser ótimo para as mulheres brasileiras. Usar gel sobre as raízes para criar incríveis formas lisas ou raízes texturizadas.

Eu espero ir ao Brasil este ano e se eu for, certamente vou levar um gel no meu kit, como um produto principal. Tente o gel TRESemmé para este look. Uma ótima maneira de usar o gel é para alisá-lo em seu cabelo com as mãos depois de ter criado o seu rabo de cavalo e misturá-lo com um spray de brilho para manter um look molhado no cabelo.


Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/comments?id=http://www.girlswithstyle.com.br/matthew-curtis-hairstylist-da-tresemme-e-da-mercedes-benz-fashion-week-em-entrevista-exclusiva/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/archive.php on line 63
Comentar

Tags:

Cinco produtos milagrosos para seus cabelos

Por Girls With Style / gws@gwsmag.com

Cuidar dos cabelos vai além de lavar os fios com shampoo e condicionador. Tá bom, isso você pode até já saber mas quais produtos vão realmente fazer diferença e que valem o investimento?

Anota aí cinco produtos milagrosos para qualquer tipo de cabelo:

 

1. Schwarzkopf Osis+ Dust It Texture 1 – Pó Matificante

Você não precisa ser nenhuma especialista em penteados capilares. Só precisa desse pozinho de nome complicado. Realmente recomendo o Schwarzkopf Osis+, se você gosta de efeito bagunçadinho, o tal do “podrinho” nos cabelos. É só espalhar um pouco na raiz, bagunçar com as mãos e pronto! Ele também tem efeito matificante, ou seja, se não deu tempo de lavar o cabelo ele dá aquela disfarçada na raiz oleosa. Gosto de usar o Schwarzkopf Osis+ também para penteados, ele dá firmeza e deixa o efeito mais definido.

 2. Keune Brilliant Gloss Spray – Spray Finalizador

Toda garota quer ter o cabelo brilhante. Aquele brilho de cabelo saudável, de sou feliz, sou diva. Eu gosto muito desse spray de brilho da Keune que de bônus tem proteção solar. O bom dele é que não deixa o cabelo oleoso nem ressecado, experiências que passei com outros sprays de brilho.

3. Bed Head After-Party S leave-in

Ele foi criado para controlar fios indisciplinados e deixar os cabelos brilhantes e sedosos. Mas o Bed Head After Party cumpre o que promete e faz ainda mais. Ele é perfeito para levar na bolsa de praia para domar os cabelos depois do mergulho ou por causa do vento, para usar antes e depois da escova e é um santo remédio para os fios quando estão com cheiro de cigarro ou pra quando bateu aquele preguiça de lavar. O cabelo fica brilhante, sedoso, com um perfume incrível. E realmente controla o frizz.

Ou seja ele vale por mil produtos e com certeza vai conceber um milagre na sua vida.

4. Cadiveu Glamour Cristal Líquido – Reparador de Pontas

Nada mais insuportável o que pontas duplas e pontas ressecadas. Esse serum reparador de pontas funciona para todos os tipos de cabelos. É um silicone super leve e não gorduroso que protege os fios. Ficam super macios e repara as pontas duplas. Perfeito pra carregar na bolsa.

5. Ojon mascara capilar reestruturante

O oleo de Ojon hidrata e regenera os cabelos porque é rico em lipídios parecidos com os que constituem o cabelo natural. Ou seja, penetram facilmente na fibra capilar. Deixa o moroccanoil no chinelo! Dica: Experimente usar no cabelo antes da escova. O cabelo fica Hollywoodiano.

Dica de ouro:

Se você quer economizar na hora de comprar os produtos do post a dica de ouro é o site Cupons Mágicos. que oferece cupons das principais lojas onlines no Brasil. Entre elas a Sephora. Confira aqui os cupons atuais disponíveis para a loja online!

Gostaram das dicas? Quais desses produtos vocês já experimentaram?

 

 

 

 

 

 

 

 


Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/comments?id=http://www.girlswithstyle.com.br/cinco-produtos-milagrosos-para-seus-cabelos/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/archive.php on line 63
Comentar

Tags:

Tendência no Japão: Neco hair!

Por Girls With Style / gws@gwsmag.com

Que as garotas do Japão levam ao pé da letra o lema do “seja você mesma”, use o que gosta e que abusam da criatividade na hora de montar seus looks, a gente já sabe e admira faz tempo! Tanto que já rolou post aqui sobre as Harajuku girls e a gente fica sempre de olho em sites de street style de lá pra saber o que essas mini gênias do estilo andam fazendo.

A novidade da vez é o penteado que imita orelhas de gato chamado de neco hair. Sabe os arcos e outros acessórios com orelhinhas que caíram no gosto dos stylists e de algumas garotas pelo mundo? Tudo inspirado na criação das japonesas.

Na verdade, de uma japonesa: a cantora, blogueira e modelo Kyary Pamyu Pamyu. A garota que é ícone do estilo de rua japonês criou o penteado que imita as orelhas. Criou entre “aspas” porque o visual orelhas de gato tem inspiração nos mangás.

Pode parecer bizarro, mas o visual é bem fofo. E pôxa, cadê a audácia da nossa geração, né? Acho muito engraçado pensar que nos anos 50  as mulheres investiam em penteados como o victory rolls e nos anos 60 em cabelos como o beehive e que, hoje em dia, tudo isso é “estranho”. Vamos mudar isso e investir no neco hair? Nem que seja pelo menos no carnaval!

Ficou com vontade de fazer? É fácil, fácil! Confira o passo-a-passo para fazer o neco hair:


Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/comments?id=http://www.girlswithstyle.com.br/tendencia-no-japao-neco-hair/&summary=1): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /home/gwsmag/www/wp-content/themes/gws/archive.php on line 63
Comentar

Tags: